terça-feira, 28 de junho de 2011

Divulgado o programa de viagem do Papa durante a JMJ

A Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou nesta segunda-feira, 27 de junho, o programa oficial da viagem do Papa Bento XVI a Madri, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que acontecerá na capital espanhola, de 16 a 21 de agosto. Uma das novidades do programa será a confissão de alguns jovens com o Papa.

Bento XVI chegará à capital espanhola na quinta-feira, 18 de agosto e fará o seu primeiro discurso no aeroporto internacional de Barajas. Às 19h30m, presidirá a celebração de acolhida dos jovens na Praça de Cibeles, onde fará o seu segundo discurso em território espanhol.

Na sexta-feira, 19 de agosto, Bento XVI iniciará seus trabalhos às 7h30m com uma missa privativa, na Capela da Nunciatura Apostólica em Madri. Às 10h, realizará uma visita de cortesia aos Reis da Espanha, no Palácio de La Zarzuela, de Madri. Às 11h30m presidirá um encontro com jovens religiosas no “Patio de los Reyes de El Escorial”.

Ainda na sexta-feira, às 12h, o Papa presidirá um encontro com os jovens professores universitários na Basílica de San Lorenzo del Escorial. Às 13h45m almoçará com um grupo de jovens no Salão dos Embaixadores da Nunciatura.

Às 17h, o Santo Padre participará de um encontro oficial com o presidente espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, na Nunciatura. Logo em seguida, às 19h30m, presidirá a Via Sacra com os jovens na Praça de Cibeles.

Para o sábado, 20 de agosto, está programada a confissão de alguns jovens da JMJ, nos Jardins del Buen Retíro. Às 10h presidirá uma missa com os seminaristas na Catedral de Santa María la Real de la Almudena de Madri.

Às 12h45m almoçará com os cardeais da Espanha, os bispos da província de Madri e o séquito papal na residência do arcebispo de Madri e presidente da Conferência Episcopal Espanhola, cardeal Antônio Maria Rouco Varela.

Às 17h do mesmo dia, o Papa se encontrará com os membros do Comitê Organizador da JMJ Madri 2011, na Nunciatura. Às 19h40m visitará a Fundação Instituto San José de Madri, onde pronunciará um discurso.

A Vigília de Oração com os Jovens no Aeródromo de Quatro Ventos em Madri será às 20h30m, onde pronunciará um discurso.

No domingo, 21 de agosto, o Papa Bento XVI presidirá a missa de encerramento da 26ª Jornada Mundial da Juventude, às 9h30m, no Aeródromo de Quatro Ventos, logo depois rezará com os presentes a Oração Mariana do Angelus.

Às 12h45 o Papa vai almoçar com os cardeais da Espanha. Às 17h se despedirá dos presentes e, às 17h30m, presidirá um Encontro com os voluntários da JMJ no Pavilhão 9 do novo centro de exposições Madrid.

A cerimônia de despedida no Aeroporto Internacional de Barajas, de Madri, será às 18h30m, onde fará seu último discurso em solo espanhol. Seu avião deverá decolar às 19h em direção a Roma.

*Fonte: CNBB

quinta-feira, 23 de junho de 2011

PJ Rio celebra Corpus Christi

Na última quinta-feira, dia 23 de junho, a Coordenação Arquidiocesana da Pastoral da Juventude (PJ), junto com seus Coordenadores Vicariais e a Equipe de Comunicação da PJ (COMPJ), se reuniram na Avenida Chile, em frente a Catedral Metropolitana, para confeccionar os Tapetes de Corpus Christi da Juventude.

A Festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV com a Bula "Transiturus" de 11 de agosto de 1264, para ser celebrada na quinta-feira após a Festa da Santíssima Trindade, que acontece no domingo depois de Pentecostes.

O Papa Urbano IV foi o cônego Tiago Pantaleão de Troyes, arcediago do Cabido Diocesano de Liège na Bélgica, que recebeu o segredo das visões da freira agostiniana, Juliana de Mont Cornillon, as quais exigiam uma festa da Eucaristia no Ano Litúrgico.

Juliana nasceu em Liège em 1192 e participava da paróquia Saint Martin. Com 14 anos, em 1206, entrou para o convento das agostinianas em Mont Cornillon, na periferia de Liège. Com 17 anos, em 1209, começou a ter 'visões', exigindo da Igreja uma festa anual para agradecer o sacramento da Eucaristia. Com 38 anos, em 1230, confidenciou esse segredo ao arcediago de Liège, que 31 anos depois, por três anos, se tornaria o Papa Urbano IV (1261-1264), tornando mundial a Festa de Corpus Christi, pouco antes de morrer.

A "Fête Dieu" começou na paróquia de Saint Martin em Liège, em 1230, com autorização do arcediago para procissão Eucarística só dentro da igreja, a fim de proclamar a gratidão a Deus pelo benefício da Eucaristia. Em 1247, aconteceu a primeira Procissão Eucarística pelas ruas de Liège, já como festa da diocese. Depois se tornou festa nacional na Bélgica. A festa mundial de Corpus Christi foi decretada em 1264, 6 anos após a morte de irmã Juliana em 1258, com 66 anos.

Santa Juliana de Mont Cornillon foi canonizada em 1599 pelo Papa Clemente VIII.

Confira algumas fotos da PJ:



























Raphael Freire
*Canção Nova
Fotos: Ana Paula Albino e Érica Luz

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Bandas brasileiras contam suas expectativas para JMJ

Católicos do mundo todo esperam ansiosamente pela Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá entre os dias 16 e 21 de agosto, em Madri, na Espanha. As bandas brasileiras que se apresentarão na JMJ 2011: Dunga, Rosa de Saron, Dominus, Irmã Kelly Patrícia, e a Comunidade Católica Shalom, estão acertando os últimos detalhes para representar bem a juventude e a música católica do país.

Para o veterano de JMJ, Dunga, as Jornadas representam o encerramento e o ponto de partida para um novo ciclo da Igreja.

- A Jornada Mundial é uma injeção do sangue de Cristo em nossas veias. Voltamos para casa com o ardor renovado, salienta o cantor e missionário da Canção Nova.

Nas quatro que participou, Dunga pôde ver sempre que a JMJ é uma expressão do amor recíproco entre a juventude e o Papa, independente de quem ele seja, João Paulo II ou Bento XVI.

- A JMJ foi uma bela herança de João Paulo II, deixada a Bento XVI. Temos que lembrar que Bento XVI esteve por 24 anos ao lado de João Paulo II. Os dois são muito íntimos e agora temos João Paulo II como beato intercedendo por nós. Vejo no Papa Bento XVI o mesmo amor pela juventude, assim como vejo o mesmo amor da juventude para com o Papa, destaca Dunga.

Ver esse amor recíproco entre a juventude e o Papa, para Dunga, é um sinal da solidez da Igreja que renova sua fé de geração em geração.

- Nossa Igreja tem esse diferencial, independente do Papa que tenhamos, sabemos que ele é o Sucessor de Pedro, assim temos a certeza de sermos conduzidos pelo próprio Deus, enfatiza o missionário da Canção Nova.

Para o músico de 47 anos, ser convidado para cantar pela quinta vez numa JMJ é um prêmio que coroa uma missão evangelizadora de sucesso.

- Meu ciclo também está se fechando. Eu tenho 47 anos e talvez essa seja a minha última Jornada fora do país. Eu vejo que a Canção Nova tem outros como o Adriano, Emanuel, Pitter, Banda Conexa e a Banda Amor e Adoração que poderão assumir essa responsabilidade que eu assumi por muito tempo, afirma Dunga.

A felicidade de ver novos jovens da Canção Nova e do Brasil começando a fazer o trabalho de evangelização por meio da música, para Dunga, é um prazer e “um gozo espiritual muito grande”.

Estréias na JMJ

Já para os novatos em JMJ da Banda Rosa de Saron, estar no maior evento de música católica no mundo é também um presente e uma responsabilidade.

- Sabemos da responsabilidade de estar lá e representar toda a juventude brasileira através da música. É um presente, um reconhecimento e também uma oportunidade de servir, salienta o baixista e fundador da banda, Rogério Feltrin.

Depois dos anos de trabalho, a Banda Rosa de Saron recebeu até uma indicação ao Grammy Latino, uma das maiores premiações de música no mundo. Mas para os rapazes serem reconhecidos pela Igreja é algo mais que especial.

— Estamos extremamente honrados, pois o convite vindo da CNBB [Conferência Nacional dos Bispos do Brasil] é uma espécie de aval para o nosso trabalho, enfatiza Rogério.

A banda prepara músicas em outros idiomas, como em inglês e espanhol, para o show na JMJ, a fim de envolver todos os jovens e mostrar o potencial da música católica brasileira.

- Não sabemos os frutos disso, estamos trabalhando e entregando a Deus para que Ele nos use da melhor maneira possível. Será uma experiência única. Como evangelizadores, estamos semeando para depois colher como Deus pensar, diz o baixista.

Quem se apresenta também na JMJ de Madri é a Irmã Kelly Patrícia e o Instituto Hesed. Para a Freira, o convite foi uma surpresa e uma delicadeza de Deus, que ela recebe com muita alegria. O repertório escolhido pela Irmã para a apresentação musical foi aquele do CD “Busca de Deus”.

Para a religiosa, que cresceu numa família apaixonada por música, esta apresentação na JMJ de Madri trará uma grande contribuição para seu crescimento musical e espiritual.

- Cada pessoa que a gente conhece, na nossa história de vida, tem a contribuir. Deus usa sempre de todos os meios para comunicar Sua bondade e Seu amor. Cada pessoa é uma riqueza, é um mundo insondável, é um mistério. Temos sempre que aprender com as pessoas, ainda mais com uma pessoa de uma cultura diferente, de um estilo de vida diferente... Vou muito aberta a isso, a aprender com todos. E todos nós, músicos, das diversas partes do mundo e do Brasil, vamos partilhar dos nossos dons, ressalta a Irmã Kelly Patrícia.

*Texto e Foto: Canção Nova

terça-feira, 21 de junho de 2011

COMPJ na Hora Santa da Juventude


Durante a celebração, a Equipe de Comunicação da PJ (COMPJ), realizou a cobertura da Hora Santa da Juventude. Utilizando os meios de comunicação e as redes sociais durante toda a Adoração, a equipe atualizava as mídias da PJ com tudo o que estava acontecendo de mais importante na Igreja de Sant’Ana.

Essa é a primeira vez que a Pastoral da Juventude da Arquidiocese do Rio de Janeiro (PJRio) conta com uma equipe de comunicação. A Semana Eucarística, que está em sua 85ª edição, pela primeira vez, na Hora Santa da Juventude, teve uma cobertura jornalística acontecendo em tempo real. Para a Coordenadora da COMPJ, Anna Bayer, é fundamental realizar esse trabalho, acolhendo também os jovens que não puderam estar presentes.

— Acho que a importância maior desse trabalho, que também é o nosso desejo, é estarmos interligados com o desejo de nosso Arcebispo, Dom Orani, focando também a comunicação como um meio de evangelização. Além disso, possibilitar que os jovens que não estão aqui possam vivenciar esse momento importante de adoração a Jesus Eucarístico.

— Apesar da correria, graças a Deus, tudo deu certo. Faço parte da PJ há muitos anos e foi a primeira vez que teve um trabalho de Pastoral da Comunicação na Pastoral da Juventude, porque a gente sempre quer estar na modernidade, afirmou Ana Paula Albino.

Uma grande base foi montada pela COMPJ na Igreja de Sant’Ana. Laptops, netbooks, smartphones, câmeras digitais, gravadores de áudio, tudo para que os jovens cariocas e do mundo inteiro pudessem participar também da Hora Santa através do twitter, facebook e orkut.

— Quando iniciou a Hora Santa, eu achei que não conseguiria conciliar a parte de relatar o que estava acontecendo e ao mesmo tempo adorar a Jesus, mas no primeiro instante entreguei todo o trabalho para Deus, e, enquanto eu rezava, também postava alguma coisa na internet e foi maravilhoso! As pessoas iam curtindo as fotos que postávamos no facebook, e com isso, íamos escrevendo as palavras proclamadas na Hora Santa, as mensagens dos padres, e tentando passar um pouco do amor de Deus também pela internet, disse Érica Luz.

— A Igreja nos chama a estar onde os jovens estão, a evangelizar onde eles estão. E hoje os jovens estão nas mídias sociais, a gente passa o maior tempo do nosso dia na internet, por isso, fico muito feliz com a nossa caminhada e iniciativa de evangelizar também pelas redes sociais, não somente nas paróquias, afirmou Juliana Fernandes, Coordenadora da Pastoral da Juventude da Arquidiocese do Rio de Janeiro.


Raphael Freire


*Fotos: COMPJ

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Hora Santa da Juventude 2011

No último sábado, dia 18 de junho, a Pastoral da Juventude da Arquidiocese do Rio de Janeiro (PJ Rio), e a Iniciação Cristã de Jovens e Adultos se reuniram para celebrar a Hora Santa da Juventude na Igreja de Sant'Ana, no Centro.

A celebração, presidida pelo Assessor da Pastoral da Juventude, Padre Gilvan André, foi também concelebrada pelos Padres Leandro Cury e Tiago Sardinha, que fizeram a Proclamação do Evangelho e a Homilia, respectivamente. Durante o momento de oração, Padre Gilvan aconselhou os jovens para que busquem se assemelhar à juventude de Jesus. Para o sacerdote, a Hora Santa da Juventude é um momento de agradecimento e crescimento na presença do Senhor.

— É sempre um momento renovador poder estar na presença de Jesus Sacramentado, principalmente nessa data fixa, em que nossa Arquidiocese, dentro da Semana Eucarística, reserva uma hora especialmente para a juventude. Estar ao lado da juventude adorando a Jesus, para mim, é sempre gratificante. Com a presença de outros irmãos sacerdotes e de jovens de vários movimentos e associações que compõem a dinâmica da Pastoral da Juventude de nossa Arquidiocese, é sempre enriquecedor e renovador também para a minha vida como padre. A Hora Santa foi realmente uma hora em que nós pudemos, na presença de Jesus, renovar a nossa fé, nossa esperança, e nossa vontade em servir ao Senhor. Jesus é o jovem eterno, o sempre jovem, o todo jovem, e é através dessa juventude de Jesus que nós podemos também pautar a nossa juventude. Foi realmente uma hora santificada, uma hora de graça, na presença do nosso Deus. Louvado seja o Santíssimo Sacramento por esse momento importante na nossa vida, afirmou Padre Gilvan.

Os jovens estavam alegres e animados não só pela Hora Santa, mas pela notícia de que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) colocou mais uma vez a juventude como protagonista da Campanha da Fraternidade, que em 2013 falará sobre “Fraternidade e Juventude”. Além disso, os jovens aguardam, com certa ansiedade, o início da Jornada Mundial da Juventude, que vai acontecer entre os dias 16 e 21 de agosto, em Madri, e o possível anúncio de que o próximo país a sediar a Jornada, em 2013, venha a ser o Brasil. Para a postulante da Comunidade de Aliança da Shalom, Verônica Vieira, a Hora Santa reforça a união dos jovens de Deus.

— Esse encontro de todos os jovens da Arquidiocese é um momento de unidade. Uma prévia da grande celebração que será a Jornada Mundial da Juventude, onde mostraremos que todos somos um com o Senhor. A unidade da Igreja em todo o mundo, pois somos um só coração, uma só alma, enraizados em Cristo e firmes pela fé.

Vindos de todos os vicariatos, diversos movimentos, associações e grupos que compõem a Pastoral da Juventude de nossa Arquidiocese estavam presentes na Hora Santa. Na percepção de muitos, esse momento de adoração a Jesus Sacramentado é importante para a reflexão do papel do jovem na Igreja.

— A Hora Santa da Juventude superou minhas expectativas, e eu acho que é uma forma diferente de evangelizar. Foi muito boa a homilia do Padre, as leituras foram propícias para esse momento que estamos vivendo, próximos da Jornada Mundial da Juventude. Foi uma hora verdadeiramente muito santa, gostei muito, disse Patrícia Bandeira, do grupo de oração da Comunidade Católica Shalom.

— Acho super importante a adoração ao Santíssimo, porque é o Senhor que está presente no meio de nós. Os jovens devem estar cada vez mais próximos de Jesus Eucarístico, adorando-o, e levando outros jovens também para um encontro com o Senhor, afirmou Stephania Figueiredo, do Movimento de Vida Cristã, do Vicariato Norte.

Raphael Freire

Fotos: COMPJ (Comunicação Pastoral da Juventude)

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Campanha da Fraternidade de 2013: “Fraternidade e Juventude”

Faltando apenas dois meses para o início da Jornada Mundial da Juventude, que vai acontecer entre os dias 16 e 21 de agosto, em Madri, e com o anúncio de que o próximo país a sediar a Jornada, em 2013, poderá ser o Brasil, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), coloca mais uma vez a juventude como protagonista da Campanha da Fraternidade.
Em reunião desde o dia 14 de junho, na sede da CNBB, o Conselho Episcopal Pastoral (CONSEP), escolheu como tema da Campanha da Fraternidade de 2013, “Fraternidade e Juventude”. Essa não é a primeira vez que a CNBB trata de questões ligadas aos jovens. Em 1992, a campanha trazia como emblema: “Juventude - caminho aberto”. Já o lema de 2013, só será decidido na próxima reunião do CONSEP.

Uma petição foi organizada pelo Setor Juventude da CNBB, pedindo que todas as pastorais, movimentos, congregações religiosas, novas comunidades, entre outros, somassem forças para solicitar aos Bispos do Brasil a aprovação da proposta. Cerca de 300 mil assinaturas foram recolhidas, devido à mobilização de jovens de todo o Brasil. A coordenadora da Pastoral da Juventude do Rio (PJ RIO), Juliana Fernandes, fala sobre a mobilização que pretende iniciar nos grupos jovens cariocas.

— Nós acolhemos com muita alegria essa decisão da CNBB de trabalhar a Campanha da Fraternidade na juventude, umas das áreas prioritárias da Igreja. Trabalhamos no recolhimento das assinaturas e estávamos esperançosos por esse olhar aos jovens. Enquanto pastoral da juventude iremos nos articular para trabalhar esse tema com os nossos grupos de base e caminharmos juntos com essa conquista, diz Juliana.

Além de outros temas, o tráfico de pessoa humana e o trabalho escravo foram defendidos e apresentados pelo Setor da Mobilidade Humana da CNBB, mas não receberam votos. A escolha dos temas da Campanha da Fraternidade é feita com antecedência de dois anos. A campanha de 2012 falará sobre “Fraternidade e saúde pública”.

*Fotos: CNBB e arquivo pessoal.
Fonte: www.arquidiocese.org.br

terça-feira, 14 de junho de 2011

Namoro: a importância de “pescar no aquário”


Amar é uma decisão que começa no momento em que a pessoa decide se doar por aquele por quem se encantou. Hoje, existe uma grande perca do amor romântico para um amor “coisificado”. Na onda do “ficar” e de um relacionamento descartável, os jovens têm perdido valores. E quando sai do imediatismo e se depara com o “eu”, percebe um grande vazio existencial, porque a alma precisa ser amada.

A psicóloga de família, Magda Smangorzevski, diz que é muito comum atender jovens que não se sentem preenchidos com esses relacionamentos descartáveis. Pois vivem em realidades onde se tirou as barreiras morais, religiosas e culturais, relativizou as relações e ao mesmo tempo a pessoa não é preenchida.

A experiência do namoro, assim como os demais relacionamentos da adolescência, deve ser colocada dentro de um contexto mais amplo. Isto porque existe uma série de profundas mudanças que o adolescente começa a descobrir nessa fase e que, embora todas elas possam ser fascinantes e positivas, devem ocorrer dentro de um ritmo de normalidade.

A escolha do namorado não pode ser feita só “por fora”; mas principalmente por dentro. O namoro é o tempo de saudável relacionamento entre os jovens, no qual, conhecendo-se mutuamente, vão se descobrindo e fazendo “a grande escolha”.

A psicóloga fez uma analogia de quando Maria foi visitada pelo anjo e ele disse que ela iria conceber, ela surpresa então questionou: “Como se eu não conheço homem nenhum”. Magda explica que esse conhecer que a linguagem bíblica traz não é o de ver alguém, mas um conhecer de um namoro de convivência.

- Hoje as meninas e os meninos nem se conhecem e geram intimidade, se beijam a noite toda nas boates. Para namorar com alguém tem que conhecer a pessoa nesse sentido bíblico, que é de intimidade, enfatizou.

Ela explica que os valores do casal devem ser os mesmos senão, não haverá encontro de almas. E explicou:

- Se você é religiosa – e quer viver segundo a Lei de Deus – como namorar um rapaz que não quer nada disso? É preciso ser coerente com você. O futuro casamento será uma unidade de almas e a religião é muito importante nessa união.

Para isso, a psicóloga falou da diferença entre “pescar no aquário” e “pescar em mar aberto”.
- Quando o jovem vai numa boate, em bares, faz viagens, ele pesca em mar aberto, já quando ele quer conhecer quem é a pessoa e gerar uma intimidade ele tem que pescar no aquário. É importante selecionar, buscar pessoas dentro do aquário. Pessoas que são próximas, e que haja uma proposta de identidade.

Isso porque, com a experiência em atendimentos familiares, a psicóloga disse que com o passar do tempo as diferenças começam a pesar. Para ela, o namoro sofre o problema que é “pescar fora do aquário” e ignorar o sonho romântico que Deus tem para a mulher.

Magda percebe que o namoro atual vive uma situação mais difícil do que antes, pelo relativismo, pelo “coisificar”, pela quebra dos valores morais e pela falta de estruturas familiares. E diz que é preciso ter cuidado para que os jovens não desistam doo que há de mais bonito, que é um amor eterno.

- Você só se apaixona por quem você conhece. Quando você só olha o externo, só se apaixona por aquilo que passa. Quando você conhece a pessoa, o amor dura, concluiu.

Leanna Scal

Fonte: www.arquidiocese.org.br

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Cantar as maravilhas do Cristo em seus 80 anos

Ao completar 80 anos de existência, o Cristo Redentor merece ganhar de presente uma música-tema inédita para a comemoração deste aniversário. E o autor pode ser você: compositor, poeta, cantor ou intérprete maior de 18 anos, de qualquer nacionalidade. Basta se inscrever até o dia 5 de agosto pelo site www.cristo80anos.org.br .

Para o Reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar Raposo, a escolha da música comemorativa ao aniversário do Monumento é uma oportunidade para homenagear o próprio Salvador e dar destaque ao esplendor da Cidade Maravilhosa.

— Cantar as maravilhas do Cristo, inspirar-se em sua beleza, devotar-se em sua simbologia: eis os motivos e expectativas que queremos alcançar com este grande concurso, contou Padre Omar.

O Monumento, escolhido como uma das sete maravilhas do mundo moderno, deverá ser cantado por sua sintonia com a cidade do Rio de Janeiro, sua natureza, beleza e povo acolhedor. A composição, de qualquer gênero, que precisa ser inédita e ter duração máxima de 4 minutos, deverá ser em língua portuguesa. Um bom arranjo musical e uma clara interpretação são itens que facilitarão a avaliação do material produzido.

A comissão julgadora do festival, composta por nomes reconhecidos pelo meio musical, fará a seleção. O encerramento do concurso está previsto para agosto, com a escolha das 20 composições semifinalistas programada para os dias 29 e 30, e a final para o dia 31, no Teatro Tom Jobim, no Jardim Botânico.

Premiação

O compositor da primeira música colocada receberá o prêmio de R$ 10.000,00 (dez mil reais) e um troféu. Já o segundo lugar receberá o valor de R$ 3.000,00 (três mil reais) e o terceiro R$ 2.000,00 (dois mil reais).

Além disso, a música vencedora, escolhida como tema dos 80 anos, participará, com o mesmo intérprete da final, do show comemorativo dos 80 Anos do Cristo, no dia 12 de outubro, e estará também no registro deste evento histórico, que será gravado e lançado nos formatos CD, DVD e blu-ray.

O Cristo Redentor completará 80 anos no dia 12 de outubro. Na ocasião, acontecerá o Show da Paz, em Copacabana. Um coral de 800 vozes, ballet coreografado por Caio Nunes, grandes nomes da música brasileira e ainda uma atração internacional participarão do evento.


Nice Affonso

Fonte: www.arquidiocese.org.br

Hora Santa!!! ESTA CHEGANDO!!!!

Olá Galera da PJ!!

Está chegando a Semana Eucarística 2011, de 16 a 23 de junho na Igreja de Sant’Ana, Santuário Nacional de Adoração Perpétua, no Centro (próximo a Central). Convidamos todos jovens Católicos para a Hora Santa da Juventude no dia 18 às 15h., onde dedicaremos um tempo especial para adorar a Jesus Sacramentado.

“Sou Eu! Não Tenhais Medo!”(Jo 6,20)

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Vigília de Pentecostes na Paróquia Nossa Senhora da Consolação e Correia



A Paróquia Nossa Senhora da Consolação e Correia, vai realizar no próximo sábado, dia 11 de junho, a Vigília de Pentecostes.

A comunidade convida você e sua família para juntos reacenderem a chama do Espírito Santo em seus corações. A vigília tem início às 19h e seu término está previsto para a meia-noite. A organização pede para que os participantes levem 01kg de alimento não perecível, para ajudar os Vicentinos.

A Paróquia Nossa Senhora da Consolação e Correia fica na Rua Barão do Bom Retiro, 909, Engenho Novo (Referência: Colégio Pedro II).

Colaboração: Antonia Azevedo - PAJUVIN

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Hora Santa da Juventude!

Futebol vai encerrar a JMJ 2011


Leanna Scal

A Fundação da equipe do Atlético de Madri, um dos clubes mais importantes da Espanha, e a equipe organizadora da Jornada Mundial da Juventude 2011 apresentaram a iniciativa ¡Gracias!, que vai encerrar a Jornada Mundial da Juventude no próximo dia 21 de Agosto.

Na noite de encerramento, uma seleção de ex-jogadores espanhóis jogará contra uma seleção de ex-jogadores de todo o mundo, a partir das 21 horas, no Estádio Vicente Calderón.

O jogo inédito contará com estrelas de futebol como Paulo Futre (Portugal), Fernando Hierro, Milinko Pantic (Montenegro), Luís Milla, Fernando Sanz, Francisco Javier González Fran, Fábio Celestini (Suiça), Diego Tristán, Albert Celades, Gica Craioveanu (Roménia), Donato Gama da Silva, Toni Muñoz, Santi Denia, Noureddine Naybet (Marrocos), Kiko Narváez, Ricardo Gallego, “Lobo” Carrasco, Thomas N´Kono (Camarões), Veljko Paunovic (Sérvia), entre outros.

Para o presidente do Atlético de Madri, Enrique Cerezo, será “especial” contribuir com um evento desta proporção.

- A JMJ tem uma identidade de solidariedade compatível com os ideais da Fundação Atlético de Madri e dá aos jovens a oportunidade de viver boas experiências ao transmitir uma mensagem de solidariedade. O futebol é uma grande ferramenta para melhorar a vida das pessoas, afirmou.

O esporte como fator de integração

Para o presidente do Comitê Olímpico Espanhol, Alejandro Blanco, o esporte é a melhor forma de integração no mundo.

- O movimento olímpico é esporte e cultura, e o esporte são valores. A sociedade valoriza a pessoa e, depois, o atleta, explicou.

As entradas para a partida podem ser adquiridas por cinco euros através do site www.madrid11tienda.com . Os lucros da partida serão destinados ao financiamento da JMJ e para um projeto de caridade em conjunto com a Fundação Atlético de Madri.

*Fonte e foto: Site oficial JMJ 2011

Fonte: www.arquidiocese.org.br

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Jornada Mundial da Juventude 2011 nas escolas


O Grupo Editorial Luis Vives, de Madri, organizou e disponibilizou online um material sobre a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) para a delegação diocesana de ensino do país. A proposta é que, dentro das aulas de ensino religioso, os professores possam mostrar para seus alunos o que é a JMJ e qual o significado desse encontro entre os jovens de todo o mundo e o Papa Bento XVI.

O site, que é destinado aos professores de religião, é dividido em três grandes temas: “Identidade e história da JMJ”, “Mensagem do Papa sobre a Jornada de Madri” e o tema do encontro de 2011, “Enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé”. Nesse terceiro tema, assuntos como a história de Madre Teresa de Calcutá e o trabalho desenvolvido pela Cáritas também são explorados dentro das aulas.

Cada tema é desenvolvido através de uma apresentação multimídia e por mais de 50 atividades com objetivos e conteúdos para os professores, e alguns exercícios para os alunos. Materiais complementares, como os hinos das Jornadas Mundiais da Juventude desde 1984 até 2011, também estão disponíveis no site, junto com documentos escritos por Bento XVI.

Um DVD também foi criado para ajudar no processo de aprendizagem sobre a JMJ, mas em apenas quatro semanas se esgotou e, por isso, o Grupo Editorial Luis Vives, decidiu disponibilizar os materiais online. A ideia é instruir os alunos religiosamente sobre a Jornada Mundial da Juventude em todas as escolas públicas e privadas, católicas ou não.

Para ter acesso ao material acesse o site em: http://www.edelvivesjmj2011.com

Raphael Freire

Fonte: www.arquidiocese.org.br

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno visita o Rio


Pela primeira vez, a Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno visitará o Rio de Janeiro. No dia 12 de junho haverá um grande encontro de fé e devoção, a partir das 17h30m, nos Arcos da Lapa, no Centro da Cidade. A Celebração Eucarística será presidida pelo Padre Robson de Oliveira, Reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade, Goiás.

A visita, que celebra os 170 anos de devoção ao Divino Pai Eterno, é promovida pela Arquidiocese do Rio de Janeiro e contará com a presença do Arcebispo Orani João Tempesta, para uma benção especial.

O Vigário Episcopal para a Comunicação Social, Cônego Marcos William, afirmou que a devoção ao Divino Pai Eterno tem conquistado o coração dos cariocas e que a visita da Imagem Peregrina será um momento de muitas bençãos.

- No caso especifico do Rio de Janeiro, vejo como louvável este evento para que os cariocas possam se encontrar e juntos manifestarem a devoção ao Divino Pai Eterno, afirmou o Padre.

Ele ressaltou que a presença da Imagem Peregrina será um evento que irá contribuir para que pessoas afastadas da Igreja a vejam com outros olhos, como uma Igreja que deseja ir ao encontro do homem.

- Acredito que, com a visita da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno, a comunidade católica e carioca sairá ganhando em bençãos e terá a oportunidade de renovar o seu compromisso de vida com o Pai de Jesus.

História da devoção

Em 2011 a devoção ao Divino Pai Eterno completa 170 anos. A história narra que, por volta de 1840, um casal chamado Constantino e Ana Rosa Xavier encontrou, enquanto trabalhava na lavoura, um medalhão de barro. O pequeno objeto, de aproximadamente 8 centímetros, tinha a estampa da Santíssima Trindade coroando Nossa Senhora. Eles beijaram a Imagem, levaram-na para casa e a notícia rapidamente se espalhou juntamente com a sucessão de milagres.

Começou, então, a comemoração festiva com a novena, que culmina sempre no dia da Grande Festa, no primeiro domingo do mês de julho.

Conhecedor da história, Padre Robson de Oliveira, membro da Congregação dos Missionários Redentoristas e Reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno desde dezembro de 2003, sentiu a necessidade de fazer a devoção ao Divino Pai Eterno ser mais difundida.

O Padre conquistou então espaços na emissora regional da TV Brasil Central e, depois, em nível nacional, na Rede Vida. Foi com a "Novena dos Filhos do Pai Eterno", pela TV, que o padre e sua equipe conquistaram o carinho, a admiração e a emoção do povo de todo o Brasil, levando aos lares pregações e preces com temas que atingem o cerne da vida humana.

Padre Robson deixa o convite para que os cariocas conheçam mais a história da devoção e prestigiem o evento no domingo, 12 de junho, às 17h30m, na Lapa.

Leanna Scal

Fonte: www.arquidiocese.org.br

500m de tapete para Corpus Christi

Mais de 30 representantes paroquiais estiveram reunidos no Santuário Eucarístico Nacional, na Igreja de Sant´Ana, na manhã do último sábado, 28 de maio, para a organização dos tapetes para a Festa de Corpus Christi, no dia 23 de junho. Neste ano, as mais de 260 paróquias da Arquidiocese confeccionarão cerca de 500 metros de tapete, na Av. Chile, no Centro do Rio, para a bela procissão com o Corpo do Senhor.

Provisionado para eventos de massa, Padre Renato Martins está coordenando os trabalhos, com o auxílio dos Padres Júlio Cezar, da Paróquia Santo André, no Caju, e Sérgio Ricardo, da Paróquia São Bartolomeu, no Itanhangá. Adriana Mayrink, paroquiana da Igreja Nossa Senhora do Rosário de Fátima e Santo Antônio de Lisboa, que tem grande prática nesse trabalho, também está ajudando na organização.

Cada um dos presentes apresentou o protótipo do quadro a ser elaborado para a Festa, em papel A4. Muitos belos desenhos, sempre com tema eucarístico, nos quais pode conter também a identificação de quem os fez, puderam ser conhecidos pelos organizadores do trabalho.


Para a Festa de Corpus Christi foi estabelecido que cada quadro deverá ter a dimensão de 2m x 3 m, totalizando 180 blocos que compõem o tapete. E materiais leves deverão ser evitados na confecção, já que na região costuma ventar bastante.

Envolver as comunidades é fundamental para que se consiga todo o material necessário, de forma que as pessoas das paróquias que não vão até o local para o trabalho artístico possam também, com as suas doações, homenagear Jesus Eucarístico. Sal grosso, corante, pó de café (já usado), milharina, tampinhas de garrafas pet e festão serão necessários para a arte. Todos podem colaborar.

O próximo encontro ficou marcado para o dia 18 de junho, sábado da Semana Eucarística, também na Igreja de Sant’Ana, no Centro. Os que desejam participar, ainda podem se inscrever através do Vicariato para a Comunicação Social, pelo telefone 2292-3132 R: 322. Participe!


Nice Affonso

* Colaboração e fotos: Marcos Arzamendia


Siga-nos!!!