segunda-feira, 20 de junho de 2011

Hora Santa da Juventude 2011

No último sábado, dia 18 de junho, a Pastoral da Juventude da Arquidiocese do Rio de Janeiro (PJ Rio), e a Iniciação Cristã de Jovens e Adultos se reuniram para celebrar a Hora Santa da Juventude na Igreja de Sant'Ana, no Centro.

A celebração, presidida pelo Assessor da Pastoral da Juventude, Padre Gilvan André, foi também concelebrada pelos Padres Leandro Cury e Tiago Sardinha, que fizeram a Proclamação do Evangelho e a Homilia, respectivamente. Durante o momento de oração, Padre Gilvan aconselhou os jovens para que busquem se assemelhar à juventude de Jesus. Para o sacerdote, a Hora Santa da Juventude é um momento de agradecimento e crescimento na presença do Senhor.

— É sempre um momento renovador poder estar na presença de Jesus Sacramentado, principalmente nessa data fixa, em que nossa Arquidiocese, dentro da Semana Eucarística, reserva uma hora especialmente para a juventude. Estar ao lado da juventude adorando a Jesus, para mim, é sempre gratificante. Com a presença de outros irmãos sacerdotes e de jovens de vários movimentos e associações que compõem a dinâmica da Pastoral da Juventude de nossa Arquidiocese, é sempre enriquecedor e renovador também para a minha vida como padre. A Hora Santa foi realmente uma hora em que nós pudemos, na presença de Jesus, renovar a nossa fé, nossa esperança, e nossa vontade em servir ao Senhor. Jesus é o jovem eterno, o sempre jovem, o todo jovem, e é através dessa juventude de Jesus que nós podemos também pautar a nossa juventude. Foi realmente uma hora santificada, uma hora de graça, na presença do nosso Deus. Louvado seja o Santíssimo Sacramento por esse momento importante na nossa vida, afirmou Padre Gilvan.

Os jovens estavam alegres e animados não só pela Hora Santa, mas pela notícia de que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) colocou mais uma vez a juventude como protagonista da Campanha da Fraternidade, que em 2013 falará sobre “Fraternidade e Juventude”. Além disso, os jovens aguardam, com certa ansiedade, o início da Jornada Mundial da Juventude, que vai acontecer entre os dias 16 e 21 de agosto, em Madri, e o possível anúncio de que o próximo país a sediar a Jornada, em 2013, venha a ser o Brasil. Para a postulante da Comunidade de Aliança da Shalom, Verônica Vieira, a Hora Santa reforça a união dos jovens de Deus.

— Esse encontro de todos os jovens da Arquidiocese é um momento de unidade. Uma prévia da grande celebração que será a Jornada Mundial da Juventude, onde mostraremos que todos somos um com o Senhor. A unidade da Igreja em todo o mundo, pois somos um só coração, uma só alma, enraizados em Cristo e firmes pela fé.

Vindos de todos os vicariatos, diversos movimentos, associações e grupos que compõem a Pastoral da Juventude de nossa Arquidiocese estavam presentes na Hora Santa. Na percepção de muitos, esse momento de adoração a Jesus Sacramentado é importante para a reflexão do papel do jovem na Igreja.

— A Hora Santa da Juventude superou minhas expectativas, e eu acho que é uma forma diferente de evangelizar. Foi muito boa a homilia do Padre, as leituras foram propícias para esse momento que estamos vivendo, próximos da Jornada Mundial da Juventude. Foi uma hora verdadeiramente muito santa, gostei muito, disse Patrícia Bandeira, do grupo de oração da Comunidade Católica Shalom.

— Acho super importante a adoração ao Santíssimo, porque é o Senhor que está presente no meio de nós. Os jovens devem estar cada vez mais próximos de Jesus Eucarístico, adorando-o, e levando outros jovens também para um encontro com o Senhor, afirmou Stephania Figueiredo, do Movimento de Vida Cristã, do Vicariato Norte.

Raphael Freire

Fotos: COMPJ (Comunicação Pastoral da Juventude)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos!!!