domingo, 30 de outubro de 2011

Oficina “Afetividade e Sexualidade” no DNJ

A oficina de Afetividade e Sexualidade conduzida pelos representantes da Comissão Arquidiocesana de Pastoral Familiar, Ronaldo e Tatiana Melo, reuniu um grande número de jovens e abordou abertamente assuntos como namoro, afetividade, sexo, valor da mulher e fraternidade.

Foi debatido entre perguntas e respostas o significado do namoro santo que consiste em envolver-se de amor até o casamento e após, a questão da caminhada vocacional. Diferente da visão mundana de que namoro é simplesmente uma "parceria sexual fixa", nós cristãos devemos ir contra a maré e praticar o real significado de afetividade que é o mais profundo sentimento humano sendo uma relação a dois, há nível de águas mais profundas, pois o namoro foi feito para refletir antecipadamente a maratona do sacramento do Matrimônio recebendo o sexo como um lindo presente e símbolo para selar a união entre os amados.

Lembrando que a mulher é a princesa da relação, quem ensina o homem a amar sendo ele o cuidador desta união, remete-se ao tema do DNJ 2011, "Tecendo relações de vida", que em dias atuais onde famílias estão tão deturpadas é necessário viver fraternamente com todos, até mesmo àqueles que já viveram promiscuamente, pois o amor de Cristo consiste na beleza da chance de se recompor a cada dia.

— Pra gente é uma grande alegria poder trabalhar com a juventude e falar de castidade trazendo essa realidade para os jovens que estão aqui mostrando a importância da integridade jovem, disse Ronaldo Melo.

— Os dias em que nós brigávamos eu simplesmente deixava de regar a flor da minha vida, afirmou o casal durante o momento de partilha sobre a caminhada matrimonial.

Verônica Freire

*Fotos: COMPJ


Jovens motivados no Dia Nacional da Juventude

Céu ensolarado, pessoas sorridentes e felizes foi assim que começou o Dia Nacional da Juventude (DNJ) 2011..Preenchidos por tamanha felicidade e a paz que só vem do Senhor. Os participantes tiveram uma acolhida cativante, os palhaços condutores da alegria, representados pela Com. Aliança de misericórdia(imagem 3) vibravam com cada jovem que entrava na Cidade do Samba. Animados os participantes cantavam e dançavam durante o percurso para a entrada( imagem 1) do evento contagiados pelo ardor do Espírito Santo. Logo depois foram recebidos pela equipe de cadastramento( imagem 2), que foi o grande diferencial deste DNJ, já que foi possível fazer uma coleta de dados, para possíveis contatos futuros.

Entrevistei alguns desses jovens e percebi a alegria em seus olhares, muitos em grupos de paroquias, outros com a família, amigos e até sozinhos! Mas a motivação e a alegria que traziam era a mesma: a vontade de ser um jovem diferente, um jovem de Deus. Era o Espírito Santo que os movia. Mariá Vecchi e Kelly Pereiras, da Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração, em Jacarepaguá, disseram que: “A juventude não está perdida, como podemos ver hoje neste evento. Muitos jovens vivem por violência e drogas, mas existe uma mínima parcela que vive para Deus”. Isto também dizia Antonio Carlos Duque, membro da Paróquia São Benedito, em Santa Cruz, que tem a família toda na Igreja e luta a cada dia para chegar com a sua família à santidade.

Encontrei um grupo de coroinhas muitos felizes com toda a programação, que é diferente, saudável e focada em Deus! E por fim conversei com Raphael Ferreira e Vitor Lemos,ambos de 18 anos, da paróquia Nossa Senhora da Conceição, de Realengo, que vieram por conta do próprio grupo jovem, pela namorada de um que os incentivou e por conta da família que também os animou!

Eis a nossa juventude pecadora a caminho da santidade, e que crê na misericórdia do nosso bom e amado Deus!

Paz e Bem!

Por Clara Rufina- Voluntária COMPJ
* Fotos COMPJ

Dom Orani...no DNJ

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Eles vão ao DNJ! (parte 2)


Crismandos da Paróquia Jesus Ressuscitado -Vicariato Leopoldina

3 EJC da Taquara também vai!



Grupo Jovem Aliança Eterna
Capela Divino Espírito Santo (Estácio)...eles tambem irão!










 








Padre José Rosa -Paróquia Jesus Ressuscitado (Vicariato Leopoldina)

Video Por Gabriela Soares (Voluntária Compj) 


Oficinas


O DNJ é um marco na vida dos participantes, pois reafirma o pertencer do jovem à Igreja e à sociedade, além de defender uma vida digna e plena em todas as instâncias para a juventude. A novidade desse ano no DNJ são as oficinas que serão realizadas, com o intuito de formar e informar, de forma prática, a juventude na realização de diversas atividades pastorais ou cotidianas, tendo sempre como referência a pessoa e a mensagem de Jesus Cristo. Os temas das oficinas são: afetividade e sexualidade; mercado de trabalho; músicos; ditadura da moda e beleza; e direitos humanos: violência contra a mulher.

Sob a oficina de Afetividade e Sexualidade a coordenação está com o setor pré-matrimonial da pastoral familiar que abordará o nosso corpo como templo do Espírito Santo (I Cor 6, 19), a vivência da santidade nas nossas afetividades, o respeito mútuo em uma relação, além de ressaltar que a sexualidade não é uma parte isolada do ser humano, ela abrange o psíquico, corpóreo, afetivo e espiritual.Quando se pensa em sexualidade, lembra-se do homem na sua integridade. Com o tema mercado de trabalho o Movimento Focolares traz a inclusão do jovem na sociedade por meio do primeiro emprego, oferta de vagas e formas de se candidatar. A oficina para músicos será ministrada pela comunidade aliança de misericórdia para todos os nosso músicos católicos e interessados no assunto mostrando o serviço através do canto. Ditadura da moda e beleza é o tema trazido pela Comunidade Shalom, essa "cultura de beleza", que hoje domina o mundo e que se estabeleceu na sociedade com o objetivo de consumo de produtos e de serviços voltados para a beleza. É uma verdadeira ditadura. Muitos jovens sofrem porque não têm aquele corpinho de "top model" ou porque não têm "aquela" musculatura especial... A mídia colocou na cabeça, especialmente das mulheres, que o "mais importante" é ser bonita de corpo, esbelta, magra, segundo os "padrões de beleza" dos que ditam a moda para os outros. E o último tema Direitos humanos: violência contra a mulher a ser conduzido pela Pastoral da Juventude em defesa da mulher e de seus direitos, tem por objetivo informar sobre o tema e servir de auxilio, para mulheres que possam ser vitimas de violência e para todas as pessoas que queiram atuar no enfrentamento à violência contra a mulher.

Por Juliana Fernandes e Isadora Baptista

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A mulher Adúltera (Jo 8, 1-11)



"Quem de vós estiver sem pecado, seja o primeiro a lhe atirar a pedra"
Jesus dirigia-se para o monte das Oliveiras como de costume.
Pela manhã voltou ao templo e todo o povo voltou-se a Ele. Jesus sentou e começou a ensiná-los. Os escribas e fariseus trouxe até Jesus uma mulher que foi pega em adultério. Segundo a lei da época, era costume apedrejar as mulheres adulteras. No entanto, Jesus ouvindo as acusações incli
nando-se para fr
ente começou a escrever com os dedos na terra do chão. Como os homens revestidos e ira, insistiam em resmungar contra a mulher, pois os fariseus e os escrivas esperavam uma
resposta negativa de Jesus diante daquela situação. Jesus estão lhes diz: "Quem de vós estiver sem pecado, seja o primeiro a lhe atirar a pedra." No mesmo instante, os homens foram se afastando, e a mulher viu-se sozinha diante de jesus. A mulher ainda receosa, estendeu seu olhar atento as palavras que Ele as dirigia: "Mulher, onde estão os que te acusavam? Ninguém te condenou?"

Respondeu lhe ela: "Ninguém, Senhor." Então, o Senhor disse a ela a mais lindas das palavras: "Nem eu te condeno. Vai e não tornes a pecar."

Este texto nos faz reconhecer o quanto somos vulneráveis diante das acusações do mundo, o tempo todos somos agredidos por palavras, ações, pelas nossas fragilidades,e assim, como a mulher Adúltera, nos encontramos caídos literalmente no chão, indefesos e a espera da condenação. É justamente nestes momentos que somos surpreendidos pela misericórdia do Senhor. Um Deus que não nos condena, mas primeiramente nos ama e acolhe-nos de todo cor
ação. Jesus é a certeza de que não estamos desamparados. É justamente nos momentos em que nos sentimos mais humilhados que o Pai se revela. Que tenhamos um olhar mais ampla e uma fé mais sólida porque há um Deus que se coloca diante de nós e ao se revelar muda a nossa história.
Você quer mudar a sua história? Deixe que o Senhor se revele na sua vida!





Gabriela Soares (voluntária DNJ-Compj)

Instituto JMJ RIO2013 lança concurso para escolher Hino no DNJ 2011!!!

O Instituto JMJ RIO2013 lançará no próximo domingo, dia 30 de outubro, o concurso que irá escolher a letra do Hino Oficial da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) RIO2013 — evento que reunirá jovens do mundo inteiro na cidade do Rio de Janeiro, na segunda quinzena de julho de 2013. O anúncio do concurso e os detalhes do regulamento serão dados pelo Presidente do Instituto e Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, durante a celebração do Dia Nacional da Juventude (DNJ), na Cidade do Samba, a partir das 9h.

Assim como a Logomarca, o Hino faz parte da identidade da JMJ e animará os preparativos e a realização do evento que irá trazer o Papa Bento XVI ao Brasil para este tradicional encontro com os jovens. O regulamento do Concurso para a escolha da letra do Hino da JMJ RIO2013 e a ficha de inscrição estarão disponíveis no site oficial da Jornada (www.rio2013.com ) a partir do dia 1º de novembro.

— Nós sabemos que o hino é parte integrante do rosto da Jornada Mundial da Juventude, pois ele vai expressar exatamente toda a realidade da JMJ, toda essa realidade do encontro do Cristo com os jovens. Qualquer brasileiro pode participar desse momento fazendo a sua letra e concorrendo também para que ela seja escolhida como o hino oficial da JMJ, disse o Diácono Arnaldo Rodrigues, responsável pelo Setor de Preparação Pastoral da JMJ 2013.

O DNJ será o primeiro encontro oficial com os jovens, neste caminho de preparação para a JMJ RIO2013. E tem como objetivo celebrar a alegria e vivacidade da juventude católica carioca. Na programação, shows com bandas e DJs católicos, stand up comedy, palestras e oficinas. Às 10h, uma Missa será presidida por Dom Orani João Tempesta e, após a celebração, o Arcebispo do Rio fará o anúncio do concurso para a escolha do Hino da JMJ. Já à tarde haverá uma palestra com a co-fundadora da Comunidade Católica Shalom, Emmir Nogueira.

O que é a Jornada Mundial da Juventude?

A Jornada Mundial da Juventude é um encontro internacional de jovens para celebrar a mensagem de amor, paz e união pregada por Jesus Cristo. O encontro dura aproximadamente uma semana. A última edição da JMJ foi realizada em agosto de 2011, na cidade de Madri, na Espanha, e reuniu cerca de dois milhões de jovens do mundo inteiro.

O próximo encontro está marcado para 2013, na cidade do Rio de Janeiro. O Brasil já vive o clima da Jornada, com a peregrinação da Cruz dos jovens e do Ícone de Nossa Senhora no país. Os símbolos da JMJ percorrerão todas as dioceses brasileiras e os países do Cone Sul em preparação para a JMJ RIO2013.

Informações através do site www.rio2013.com .

A Rainha Ester salva seu povo

“Concede-me a vida, eis o meu pedido; salva meu povo, eis o meu desejo.”

Na cidade de Susa houve um rei muito poderoso que comandava vinte e sete províncias. No terceiro ano de seu reinado o rei Assueiro fez uma grande festa, onde estavam presentes os chefes do exército dos persas e medos, príncipes, governantes de suas províncias e todo o povo. A intenção do rei era manifestar sua riqueza e o esplendor de seu reino. Como era de costume as mulheres se recolhiam em um banquete a parte, como se não bastasse o rei um pouco embriagado mandou que trouxessem a rainha Vasti para que pudesse mostrar ao povo e aos grandes a beleza de sua rainha. Mas a rainha recusou-se, provocando a ira do rei. Mas tarde o rei condenou a rainha ao desprezo e resolveu confiar o título de rainha a outra mulher que fosse mais digna. Mas tarde este título foi concedido a Ester, a escolhida do rei, filha adotiva de Mardoqueu após a morte de seus pais, a jovem da tribo de Benjamim fato mantido em segredo por ordens de seu pai adotivo, de aspecto agradável conquistou o amor do rei mais do que a todas as outras mulheres. Ester então assume o diadema real em lugar de Vasti a antiga rainha.
Havia no templo um homem chamado Amã a quem o rei deu-lhe um alto posto, onde todos deviam obediência ,dobravam os joelhos e prostravam-se diante dele. Mas apenas Mardoqueu se recusava a reverenciá-lo. Dotado de grande raiva e sentimento de vingança sobre o consentimento do rei, Amã resolve exterminar não só Mardoqueu mais toda a nação de judeus do reino de Assueiro. Mardoqueu então pedi a intervenção da rainha Ester. A rainha prepara um belo banquete para o rei, e é recebida por ele com tamanha graça que o rei estende seu cetro de outro que tinha na mão e declara a sua amada: “Qual é teu pedido rainha Ester? Será atendido. Que é que desejas? Fosse mesmo a metade de meu reino, tu obterias”. A rainha respondeu: “Se achei graça a teus olhos, ó rei, e se ao rei lhe parece bem, concede-me a vida, eis o meu pedido; salva meu povo, eis o meu desejo...” Eis que o coração do rei comoveu-se com o pedido de sua rainha e ele atendeu-a livrando os judeus do extermínio.

Pode-se tirar desta leitura 3 reflexões a respeito de Ester : sua simplicidade, obediência e humildade. Ester era uma jovem simples, e quando confinada aos aposentos no templo, não exigiu nenhuma regalia aos eunucos (empregados do rei responsáveis por cuidar das mulheres), aceitava somente o que lhe era dado, e por isso, foi bem vista por todos no templo; O segundo ensinamento que podemos tirar de Ester é que em nenhum momento ela foi desobediente ao seu pai, Mardoqueu avia ordenado que ela não dissesse sua origem a ninguém da realiza , e assim ela fez, mantendo-se fiel a seu pai até o ultimo estante, que por ordem de seu pai revelou-se ao rei para que pudesse intervir por seu povo. Quantas vezes Deus também nos pede para que nos calemos, para que no momento certo possamos nos revelar em defesa de nossa origem, em defesa do povo de Deus, os escolhidos do Senhor; A terceira reflexão sobre a pessoa de Ester que podemos refletir é a respeito de sua humildade, em momento algum Ester exigiu a libertação de seu povo, ele clama, pede, ao rei, prepará-o, a palavra diz que ela jejuou e deu ordem para que seu povo também jejua-se antes do banquete que ofereceria ao rei. Assim também nós devemos ser, humildes a ponto de reconhecermos necessitados da graça de Deus e colocando-nos em oração para que possamos ser purificados de nossos pecados. E assim, pelo intercessão de Ester e a manifestação da graça de Deus o rei concedeu a liberdade aos judeus. Que possamos ter as virtudes de Ester enraizadas em nós.

Por Aline Barsan

DNJ eu vou...









quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Maria Madalena





Maria Madalena nasceu em Mágdala, na Galileia, e teve uma participação importantíssima na passagem de Jesus pela Terra. Após ter sido curada pelo Senhor, da qual foram expulsos sete demônios. Ela foi perdoada publicamente, Jesus a tomou como exemplo de que seu Pai acolhia a todos, desde que chegassem ao arrependimento.
"Os doze estavam com ele, e também mulheres que tinham sido curadas de espíritos maus e de doenças. Maria, dita de Mágdala, da qual haviam saído sete demônios..." (Lc 8,1-2).
Após ter sido curada por Jesus, Madalena coloca-se a serviço do Reino de Deus, fazendo um caminho de discipulado, seguindo a Nosso Senhor no amor e no serviço. E este amor de Maria Madalena levou-a até o momento mais difícil da vida e da missão de Nosso Senhor, o Calvário, permanecendo ao lado d'Ele até o fim.
"Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe e a irmã de sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena" (Jo 19,25).
Foi a escolhida para ser a primeira testemunha da ressurreição.
"Então, Jesus falou: 'Maria!' Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: 'Rabûni!' (que quer dizer: Mestre)" (Jo 20,16).
A liturgia bizantina celebra-a como “Apóstola dos Apóstolos”, para que continue a sua missão de anunciar a ressurreição do Senhor no seu rito apostólico. Festejada no dia 22 de julho, santa Maria Madalena tornou-se a padroeira de muitas ordens religiosas, sendo venerada até mesmo pelos padres predicadores. Ela estava ao lado de Maria quando da crucificação do Senhor e, na madrugada da Páscoa, era tanta a saudade que sentia de Jesus que foi chorar à porta do sepulcro. De repente, ouviu a voz, que jamais esqueceria, chamar seu nome. Assim, as profecias cumpriram-se diante de seus olhos. Jesus ressuscitara!
Existe uma tradição de que Maria Madalena, juntamente com a Virgem Maria e o Apóstolo João, foi evangelizar em Éfeso, onde depois veio a falecer.

PJ Rio realiza Semana da Juventude Online


O Dia Nacional da Juventude (DNJ) 2011 será realizado no próximo domingo, dia 30 de outubro, a partir das 9h, na Cidade do Samba, Zona Portuária do Rio de Janeiro. Em atenção à data, a Pastoral da Juventude (PJ) da Arquidiocese do Rio, sob a animação da Comunicação da PJ (COMPJ), está realizando desde o dia 24 de outubro a Semana da Juventude Online, mobilizando todos os jovens católicos à evangelização pelas redes sociais, em especial, os mais de 50 voluntários que vão trabalhar no evento.


Um dos primeiros eventos já em preparação para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que será realizada em 2013 no Rio, em sua 26ª edição, o DNJ tem como tema: “Tecendo relações de vida”, que se inspira na passagem bíblica de João 4, 1-42. O trecho bíblico fala sobre Jesus e a Samaritana, proporcionando ao Setor Juventude o questionamento deste ano: “Jovem, você tem sede do quê?”. Com isso, matérias, vídeos, músicas, fotos e histórias de algumas mulheres bíblicas serão postados até o dia 28 de outubro no blog http://www.pastoraldajuventuderio.blogspot.com/ . A ocasião também será oportuna para conduzir à reflexão e à evangelização, especialmente por meio do Twitter, Facebook, MSN, Orkut e E-mails.

Essa não é uma iniciativa inédita dentro da Pastoral da Juventude. Em agosto, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a COMPJ organizou a Semana JMJ Online, que tinha o mesmo objetivo de evangelizar através das redes sociais. Para a equipe arquidiocesana da PJ, o tempo é todo voltado para divulgar entre os agentes e os jovens as ações a serem implementadas pelas redes sociais. Uma ampla mobilização está sendo realizada no sentido de divulgar a criação da hashtag especial – #dnj2011 – que está sendo utilizada durante toda a semana.


Além de todas as atrações, surpresas e novidades que o evento traz este ano, como, por exemplo, oficinas temáticas, um diferencial marca o DNJ 2011: a presença de jovens voluntários das diversas paróquias de toda a Arquidiocese do Rio de Janeiro. Convocados durante os meses que antecederam o evento, os jovens corresponderam ao chamado do Setor Juventude e durante o DNJ estarão distribuídos nas equipes de cadastro, apoio e comunicação. Veja o depoimento de alguns voluntários:

— Não sabia sobre a possibilidade de ser voluntária e nunca havia participado de nenhum DNJ. Participar de um evento como esse está sendo muito importante, porque mostra a todos que a Juventude está viva, forte e principalmente unida. É a maneira mais correta de dizer que nós somos capazes. Nós jovens temos uma certa dificuldade de sermos aceitos pela sociedade, poucos acreditam e apóiam a Juventude, e o DNJ é uma resposta, afirmou Andressa Batalha, da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora - Jacarezinho.


— Trabalhar para Deus é simplesmente gratificante, ainda mais quando sabemos e reconhecemos que a alegria está nele. Serei da equipe de comunicação e minha expectativa é das melhores possíveis, pois nunca sabemos o que vai acontecer, porém sabemos que a graça de Deus é certa, disse Luiz Felipe dos Santos, da Paróquia Sagrada Família - Campo Grande.


— Esse é o meu terceiro DNJ, mas o primeiro, de fato, servindo. Minha motivação é mostrar a outros jovens a alegria da juventude católica. Mostrar que pra ser de Cristo não é só se trancar na igreja, mas ir ao mundo anunciar a alegria que vem d'Ele. Não há melhor forma de evangelizar senão com a própria vida. Fomos escolhidos por Deus para estar à frente, não somente do DNJ e da JMJ, mas de uma evangelização mais profunda. Devemos ser exemplos vivos da Palavra de Deus, não como aquele que não erra, mas como aquele que não desiste de tentar, ressaltou a Coordenadora da PJ da 1ª forania do Vicariato Norte, Dayana Gomes.


Com entrada franca, o DNJ terá início às 9h. A Cidade do Samba fica na Rua Rivadávia Correa, 60 – Gamboa. Informações através do e-mail pjuventuderio@gmail.com .

Confira a programação:


9h15min – Abertura


9h25min – Animação Aliança de Misericórdia


10h10min – Santa Missa


11h30min – Stand up comedy


12h – Oficinas


14h – Animação Aliança de Misericórdia


14h20min – Pregação Emmir Nogueira (Comunidade Shalom)


15h15min – Adoração


16h – Duelo de DJs ElectroCristo x Cristoteca RJ


17h – Encerramento


Raphael Freire (COMPJ) para o Portal da Arquidiocese do Rio de Janeiro

Saiu no Extra! DNJ é notícia nas mídias seculares também!

Os padres falam: Do que o jovem tem sede

Seguem agora o discurso dos padres sobre a sede da juventude. Afinal do que o Jovem tem sede? A reflexão em cima da passagem da Samaritana (Jo 4, 1-42), vem mostrar que o Jovem está sedento de felicidade, e assim como, a Samaritana há jovens que estão a beira do poço, ou seja, estão próximos da água, mas se sentem marginalizado, esquecido, sem fé porque estão se saciando com a águas impuras. O sonho de qualquer jovem é ser o protagonista de sua história e testemunhar a todos a presença de Jesus em suas vidas. Para isso, sejamos atentos ao nosso pastor!

Assita aos depoimentos de alguns padre sobre a sede da juventude do Rio?

Vicariato Jacarepaguá

Por Luciano Santos ( Voluntário DNJ)



Padre Luiz Fabio - Par. Mae da Divina Providencia



Padre Rosinaldo - Paroquia Santo Antonio Maria Zacharia



Diácono Luiz Claudio - Nossa Senhora de Fátima



Padre Nubio - Nossa Senhora de Fátima

Jovem você tem Sede do que?



Luis Felipe - Vicariato Norte
=====



Katia - Vicariato Leopoldina
=====


Bruno - Vicariato Jacarepaguá
====


Agatha - Vicariato Norte

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Saiba mais sobre uma mulher Bíblica: Sara de Abraão


Deus prometeu a Abraão um filho que daria origem a todo o povo de Israel e Sara foi a mulher escolhida para dar à luz essa criança. Ela era chamada de “mãe de multidões” e vista como o modelo ideal de mulher casada. Sara era estéril e mostrou ter muita fé quando não desistiu de ter o filho que o Senhor lhe prometeu. Ela perseverou na crença e, aos 90 anos, deu à luz Isaque, que era o herdeiro da promessa feita a Abraão.
sara era dedicada ao filho e ao marido que podiam sempre contar com ela, estando ao lado deles em qualquer situação. Acompanhava Abraão em todas as viagens. Sendo fiel a Deus, Sara não desistia fácil das promessas de Deus e procurava sempre fazer as vontades d’Ele. Recebia as pessoas em casa com felicidade e as servia com prazer.
Sara é um grande exemplo a ser seguido. Seja você também confiante em Deus e nas promessas d’Ele. Não desista dos seus sonhos. Coloque sua família em primeiro lugar, seja companheira (o) e procure ter os mesmos objetivos que o seu marido (esposa), trazendo harmonia pro seu lar.




Por Dayana Gomes (Foranea- Vicariato norte)

Outros DNJs em outras cidades

Dia Nacional da Juventude.... Quando falamos nesse dia, pensamos sim na união dos jovens em todo o país...mas você já viu o DNJ em outras cidades e estados? Aqui no Rio de Janeiro (estado), temos DNJs rolando nas outras dioceses, de nosso regional, como em Caxias, Nova Iguaçú, Angra, entre outros. Reunimos aqui alguns DNJs que ocorreram nos ultimos anos em outros estados. Veja que você não está só e no momento em que no dia 30 a cidade do samba tremer, você estará fazendo parte de algo muito maior!


Bragança Paulista - 2010


Video Promocional do DNJ 2011, no Paraná


DNJ 2010 - Goiais


DNJ 2010 - Sobral/ SP


DNJ 2010 - Aqui no Rio

Então se prepare....DNJJ 2011 no Rio de Janeiro...Jovem, você tem sede do que?

Por Anna Carolina Bayer ( COMPJ)

Os primeiros DNJs!!

O primeiro DNJ aconteceu em 1985 no Ano Internacional da Juventude e dessa data até hoje, foram abordados diversos temas que alertaram a juventude brasileira a importância de sua participação na sociedade a favor de políticas igualitárias, que respeitem o direito ao trabalho e educação de todo cidadão, respeito ao meio ambiente, contra o preconceito, valorização da cultura, entre outros temas listados cronologicamente abaixo:

1985 - DNJ: Construindo uma Nova Sociedade

1986 - DNJ: Juventude e Terra - Rumo à terra prometida

1987 - DNJ: Juventude e Participação - Juventude, Presença e Participação

1988 - DNJ: Juventude, Libertação na Luta do Povo - Mulher, Negro, Índio e Eleições

1989 - DNJ: Juventude e Educação - Juventude, cadê a Educação?

1990 - DNJ: Juventude e Trabalho - Juventude: do nosso suor, a riqueza de quem?

1991 - DNJ: Juventude e América Latina - Latino-americanos, porque não?

1992 - DNJ: Juventude e Ecologia - Ouça o ECO(logia) da Vida

1993 - DNJ: Juventude e AIDS - Um grito por solidariedade

1994 - DNJ: Juventude e Cultura - Nossa cara, Nossa Cultura

1995 - DNJ: Juventude e Cidadania - Construindo a Vida

1996 - DNJ: Juventude e Cidadania - Quero ver o novo no poder

1997 - DNJ: Juventude e Direitos Humanos - A vida floresce quando a Liberdade Acontece

1998 - DNJ: Juventude e Direitos Humanos - Nas asas da Esperança gestamos a mudança

1999 - DNJ: Juventude e Dívidas Sociais - Vida em Plenitude, Trabalho pra Juventude

2000 - DNJ: Juventude e Dívidas Sociais - Jubileu da Terra, um Sopro de Vida

2001 - DNJ: Políticas Públicas para a Juventude - Paz, Dom de Deus! Direito da Juventude

2002 - DNJ: Políticas Públicas para a Juventude - A vida se tece de sonhos

2003 - DNJ: Políticas Públicas para a Juventude - Lancemos as redes em águas mais profundas

2004 - DNJ: Políticas Públicas para a Juventude - A gente quer fazer valer nosso suor... A gente quer do bom e do melhor

2005 - DNJ: Políticas Públicas para a Juventude - Juventude vamos lutar! Chegou a hora do nosso sonho realizar

2006 - DNJ: Políticas Públicas para a Juventude - Juventude que ousa sonhar constrói um Brasil popular

2007 - DNJ: Juventude e Meio Ambiente - É Missão de todos nós. Deus chama: eu quero ouvir a tua voz

2008 - DNJ: Juventude e os Meios de Comunicação - Queremos pautar as razões de nosso viver

2009 - DNJ: Contra o extermínio da juventude, na luta pela vida - Juventude em Marcha contra a violência

2010: DNJ 25 anos: celebrando a memória e transformando a história

2011: DNJ: Juventude e protagonismo feminino - Jovens mulheres tecendo relações vida.

O Padre jesuíta Hilário Dick, que foi assessor nacional da Pastoral da Juventude entre 1981 e 1983, em texto em comemoração ao jubileu do DNJ realizado em 2010, explica o porquê das escolhas dos temas do DNJ: “Os DNJs encarnam o espírito missionário dos grupos de jovens das Pastorais de Juventude do Brasil falando das realidades que machucam a juventude e o povo em geral, e que nunca foram, simplesmente, um “para nós”, mas um “para a juventude”, vivendo a vocação de fermento na sociedade. Só quem compreende este espírito vai compreender porque o DNJ não tem e nunca teve como temas centrais Jesus Cristo, Igreja, Sacramentos, Eucaristia ou outros temas mais teológicos. Não que se negue a esses, mas o que se afirma é a necessidade de apresentar uma Teologia e uma Espiritualidade que se mistura com a realidade juvenil e do povo.”


Por Erica Luz (ComPJ)

Siga-nos!!!