terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Logomarca oficial da JMJ Rio2013 será lançada dia 7 de fevereiro

Está confirmada a nova data do lançamento oficial da Logomarca da Jornada Mundial da Juventude (JMJ RIO2013). A cerimônia será realizada no dia 7 de fevereiro, às 20h, no auditório do Edifício João Paulo II, na Glória, onde fica a sede do Comitê, e contará com a presença de mais de 100 bispos de todo o Brasil, além de autoridades e representantes da sociedade.

Na ocasião, o Presidente do Comitê Organizador Local (COL/Rio) e Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, irá apresentar também o autor da logo, que foi escolhida através de concurso.

A expectativa é grande em torno da divulgação do símbolo de um dos maiores eventos que o Brasil irá sediar. Para aumentar a ansiedade e curiosidade, na véspera do evento, dia 6, o Cristo Redentor será iluminado com as cores de 150 países que deverão participar da JMJ RIO2013. Com isso, o próprio “embaixador” da Jornada fará o convite aos jovens do mundo inteiro para conhecerem a logomarca.

O lançamento, previsto anteriormente para o dia 1º de fevereiro, foi adiado em atenção e solidariedade a todos os familiares das vítimas do desabamento dos três prédios no Centro do Rio, na última quarta-feira, dia 25 de janeiro. Em nota, o Presidente do Instituto JMJ RIO2013 e Arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, manifestou seu pesar e conclamou a todos que rezem pelos falecidos, feridos e famílias atingidas pela dor que também é de toda a Arquidiocese. Durante a cerimônia de lançamento da logo, será feito um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da tragédia.

O processo de seleção

Para chegar ao símbolo atual que será a identidade visual durante toda a caminhada em direção a JMJ – que acontecerá entre os dias 23 e 28 de julho de 2013 – foi percorrido um longo caminho, iniciado no dia 27 de setembro de 2011, com o lançamento do edital do concurso para escolher a logo oficial. Mais de 200 trabalhos enviados de todas as partes do mundo mostraram, além de criatividade e técnica, a força da fé e da alegria da juventude católica.

Após o encerramento do concurso, no dia 31 de outubro, começou o processo de seleção, onde as logomarcas foram avaliadas por um grupo de designers, por uma comissão do Setor Juventude e também pelos setores pastoral e presidência do COL.

No dia 13 de dezembro as logomarcas finalistas foram apresentadas ao Pontifício Conselho para os Leigos (PCL), em Roma, que escolheu a vencedora em comum acordo com os representantes do Comitê Organizador Local.

A Jornada Mundial da Juventude, que se realiza anualmente nas dioceses de todo o mundo, prevê a cada 2 ou 3 anos um encontro internacional de jovens com o Papa durante aproximadamente uma semana. A última edição internacional da JMJ foi realizada em agosto de 2011, na cidade de Madri, na Espanha, e reuniu centenas de milhares de jovens de mais de 190 países.

Fonte: Assessoria de Imprensa JMJ Rio 2013

sábado, 28 de janeiro de 2012

Lançamento da Logo JMJ Rio 2013 é adiada

Em atenção e solidariedade a todos os familiares das vítimas do desabamento dos três prédios no Centro do Rio, na última quarta-feira, dia 25 de janeiro, o Instituto JMJ RIO2013 da Arquidiocese do Rio de Janeiro adiou o lançamento da logomarca oficial da Jornada Mundial da Juventude prevista para acontecer no dia 1º de fevereiro.


Em nota, o Presidente do Instituto e Arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, manifestou seu pesar e conclamou a todos que rezem pelos falecidos, feridos e famílias atingidas pela dor que também é de toda a Arquidiocese.  Segue abaixo a nota na integra:


Comunicado do Arcebispo do Rio de Janeiro às paróquias da arquidiocese

A tragédia ocorrida na última quarta-feira, dia 25 de janeiro, com o desabamento de três prédios no centro do Rio de Janeiro, consternou todo o país, sobretudo a nós, cariocas por nascimento ou por adoção, que vivemos nesta querida cidade. 

Neste grave momento, a Igreja quer ser solidária com o sofrimento do nosso povo e levar a todos a palavra de confiança, consolo e esperança daqueles que seguem Jesus Cristo, como resposta para todas as cruzes. 

Pedimos, assim, ao clero responsável pelas nossas paróquias e capelas que, em todas as Missas e Celebrações deste fim de semana, coloque a intenção pelos falecidos e por suas famílias, como sinal de que cremos no poder da oração e de que estamos fraternalmente unidos aos que foram atingidos por essa fatalidade.
Agradeço e abençoo sua colaboração.
Rio de Janeiro, 27 de janeiro de 2012

D. Orani João Tempesta
Arcebispo Metropolitano do Rio de Janeiro


Fonte: Arquidiocese do Rio de Janeiro

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Dom Orani presta solidariedade as vítimas do desabamento no RJ

O desabamento de três edifícios na Avenida Treze de Maio, no centro da cidade do Rio de Janeiro provoca comoção em todo o país. Até a manhã desta sexta-feira, sete corpos foram localizados pelos bombeiros, que trabalham incessantemente no local. Vinte pessoas ainda estão desaparecidas. O governador do estado, Sérgio Cabral, decretou luto oficial de três dias.

O arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, divulgou nota sobre a tragédia, que reproduzimos na íntegra:

Nota do arcebispo sobre o desabamento no centro do Rio

Juntamente com toda a comunidade arquidiocesana, manifesto a minha solidariedade e o meu pesar a todas as pessoas e familiares vítimas no desabamento dos três prédios no Centro da cidade, ocorrido na noite de quarta-feira e que resultou em mortos e feridos.
Em espírito de unidade e solidariedade, conclamo a todos que rezem pelos falecidos, pelos feridos e pelas famílias atingidas por essa dor que também é de toda a cidade do Rio.

Confiantes na misericórdia de Deus, convido parentes, amigos e autoridades para a Missa de Sétimo Dia na intenção dos falecidos, a ser realizada no próximo dia 2 de fevereiro, quinta-feira, às 10 horas, na Catedral de São Sebastião, na Avenida República do Chile.

Rio de Janeiro, 26 de janeiro de 2012.

Dom Orani João Tempesta
Arcebispo do Rio de Janeiro
 
Fonte: CNBB

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Semana da Juventude 2012 em Jacarepaguá



Animados pela Jornada Mundial da Juventude (JMJ RIO2013), que acontecerá no Rio de Janeiro em julho de 2013, a Pastoral da Juventude do Vicariato Jacarepaguá vai realizar entre os dias 23 e 27 de janeiro, sempre às 19h30min, a Semana da Juventude. O tema da Campanha da Fraternidade 2012: “Fraternidade e Saúde Pública”, e o lema: “Que a saúde se difunda sobre a terra!” (Cf. Eclo, 38,8), serão trabalhados nos encontros.

Confira a programação:

Dia 23 de janeiro (segunda-feira) – Capela Santa Rosa de Lima

Dia 24 de janeiro (terça-feira) – São Bartolomeu

Dia 25 de janeiro (quarta-feira) – Imaculada Conceição

Dia 26 de janeiro (quinta-feira) – Nossa Senhora da Saúde

Dia 27 de janeiro (sexta-feira) – Nossa Senhora de Fátima Pechincha

Informações com a coordenação vicarial através do telefone 7147-8769.


CF 2012 será lançada neste sábado na Arquidiocese do RJ



Em 2012, a Campanha da Fraternidade, realizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, irá abordar o tema “Fraternidade e Saúde Pública” cujo lema será “Que a saúde se difunda sobre a terra” (cf. Eclo 38,8). No Rio de Janeiro, o anúncio oficial está marcado para o próximo sábado, dia 28 de janeiro, às 8h, na Catedral Metropolitana onde o Arcebispo da cidade, Dom Orani Tempesta irá presidir uma Santa Missa.

Um dos objetivos centrais da CF 2012 é refletir sobre a realidade da saúde no Brasil tendo em vista uma vida saudável suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção aos enfermos e mobilizar por melhoria no sistema público de saúde. O próprio papa Bento XVI, na XVI Encíclica Spe Salvi n. 38 afirmou que “A grandeza da humanidade determina-se essencialmente na relação com o sofrimento e com quem sofre.”

A Igreja, no exercício de sua missão, presta relevantes serviços à saúde. Um exemplo disso é a Pastoral da Saúde. O coordenador arquidiocesano da Pastoral, diácono Sérgio Catão explicou a necessidade de um evento que chamasse a atenção para a saúde não só em nível de Igreja.

— Há algum tempo notávamos a necessidade de um evento como a Campanha da Fraternidade não só para que o tema saúde fosse debatido na Igreja como também na nossa sociedade, mas, sobretudo, para rever os caminhos da Igreja no aspecto pastoral, de evangelização, uma vez que a Pastoral da Saúde tem alcances bem importantes que necessitariam do envolvimento de mais pessoas e sobretudo de uma capacitação mais adequada, afirmou.

Segundo Sérgio Catão, a Pastoral da Saúde faz um trabalho articulado junto à comissão da Campanha da Fraternidade. Para o diácono, essa é a possibilidade da Pastoral divulgar ainda mais as suas dimensões:

— É uma das grandes possibilidades que a Pastoral da Saúde tem, sobretudo nos desafios da saúde envolvendo a população, para que as pessoas possam se conscientizar mais e lutar, disse.


Texto: Raquel Araújo
Arquidiocese do Rio de Janeiro

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Carta da Delegação da PJ Leste 1 sobre 10º ENPJ


"Eu quero ver a vida nova florescer, eu quero ver a luz do sol, um novo dia!
Estamos juntos e juntas até o final, vamos lutando espalhando alegria"
(Hino do X ENPJ)
           
            Com ousadia, profetismo e ternura iniciou-se o X ENPJ Encontro Nacional da Pastoral da Juventude, fomos acolhidos nas estâncias da terra roxa de Maringá onde fizemos morada dos dias 08 à 15 de janeiro.
            Fomos durante esses dias iluminados pela palavra de Deus, que segundo nos apresenta João diz que o Cristo tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim (Jo 13, 1) e inspirados no desejo de ser igreja jovem assumimos que: Na ciranda da vida a nossa missão é amar sem medida, lema do encontro.
            O regional Leste 1, se fez representado pela presença de 8 dioceses num total de 31 delegados e delegadas. Aproveitamos para agradecer a nossas famílias, amigos e igrejas locais que nos ajudaram de alguma maneira.
            Ao entardecer do primeiro dia, reunimo-nos na catedral arquidiocesana onde celebramos com alegria e ansiedade a missa de abertura deste que foi o primeiro ENPJ na região sul do país e acolheu mais de 600 jovens vindos de todos os muitos lugares e distâcias desse enorme Brasil.
            No decorrer dos dias assumimos um cáracter missionário e celebrativo, onde colocamos  a nossa vida em oferta e serviço. Fomos levados a conhecer as realidades das comunidades locais, sendo muito bem acolhidos, fazendo-nos sentir como em Nazaré, lugar onde se vive a familia e se aquece o coração.

             Visitamos a temática do Concílio Vaticano II que nos é apresentado como um menino que nasce, cuidar da vida desse menino é cuidar de garantir o projeto de vida, garantir o sonho, garatir nossa utopia, encarnar o Cristo que comungamos nas missas, "Celebrar a eucaristia é comer e beber da nossa utopia." (Hilário Dick)

            Vivenciamos a mais rica experiência de conhecer os sabores, cheiros, sotaques e rostos da juventude que se fez presente, trocamos experiências, partilhamos nossas vidas, conhecemos os anseios e virtudes que cada um possuí e assim foi possível perceber que somos iguais nas diferenças e que isso nos fortalece e norteia nosso trabalho.
             Fizemos ressoar nossa voz pelas ruas do centro da cidade de Maringá, mostrando nossa luta com a Campanha Nacional Contra a Violênia e Extermínio de Jovens através de uma marcha pela vida das juventudes.

            Voltamos para casa levando na mala o material que foi lançado, o subsídeo de estudo, Somos Igreja Jovem, um presente para os nossos grupos de base, deixamos nosso sonho de ser sempre mais assinando nossos nomes na cruz simbolo do encontro e registrando nossa presença na construção desse momento. Voltamos levando a expectaativa de todos que conhecemos por serem acolhidos no próximo ano na Jornada Mundial da Juventude que se fará no Rio de Janeiro.O encontro foi transmitido ao vivo pelo site da Pastoral da Juventude Nacional, onde também é possivel ver os vídeos, fotos e saber mais sobre esse que foi o 10º Enconro Nacional da Pastoral da Juventude. Saiba mais em: www.pj.org.br/enpj.

Pastoral da Juventude - Leste 1

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

Começou nesta quarta feira, dia 18, a semana de oração para os cristãos, no hemisfério norte, com o tema “Todos seremos transformados pela vitória de Jesus Cristo, nosso Senhor”. A semana é promovida pelo Conselho Mundial das Igrejas (CMI), uma comunidade que reúne 349 igrejas de vários países que trabalham pela unidade e comum testemunho e serviço. A Igreja Católica não é membro de tal Conselho, mas participa desta iniciativa ecumênica.

A Semana é tradicionalmente celebrada entre os dias 18 e 25 de janeiro no hemisfério norte ou próximo ao Pentecostes, no hemisfério sul. A iniciativa envolve muitas congregações e paróquias em todo mundo. Os cristãos de diversas famílias confessionais se reúnem e oram juntas especialmente em celebrações ecumênicas.

Cada ano é pedido aos fiéis uma participação regional de reflexão sobre um tema bíblico. Um grupo internacional de participantes – protestantes, ortodoxos e católicos romanos – participam do Conselho Mundial das Igrejas, o revisam e asseguram o caminho para a unidade da Igreja. 

O tema deste ano, destacou o Papa, "Todos seremos transformados pela vitória de Jesus Cristo, Nosso Senhor", ressalta a importância da fé cristã em meio a provações e dificuldades, com relação ao dom total operado por Jesus no Mistério Pascal.

Abaixo segue o resumo que Bento XVI fez de sua catequese em português, aonde foi falado sobre o inicio da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos e saudou os brasileiros presentes na Audiencia Geral:

"Queridos irmãos e irmãs, hoje tem início a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, com a finalidade de permitir que a oração que o próprio Senhor fez na Última Ceia - «Que todos sejam um, ó Pai» (Jo 17, 21) – cresça até se tornar um imenso, unânime grito de todo o povo cristão, que pede a Deus o grande dom da unidade. Esta Semana de oração tem como tema «Todos seremos transformados pela vitória de Jesus Cristo, Nosso Senhor» e quer pôr em evidência o poder transformador da fé em Cristo, que anima a nossa oração pela unidade visível da Igreja, Corpo de Cristo. O caminho da Igreja e dos povos está nas mãos de Cristo ressuscitado, vitorioso sobre a morte e a injustiça, que Ele suportou e sofreu por todos nós. A unidade plena e visível dos cristãos, pela qual suspiramos e rezamos, exige uma conversão interior pessoal e comunitária que nos faça entrar na vida nova em Cristo, que é a nossa vitória verdadeira e definitiva; tal unidade exige que nos deixemos transformar cada vez mais perfeitamente à imagem de Cristo, para assim participarmos da sua vitória, pois só Ele é capaz de nos transformar, de fracos e titubeantes, em fortes e corajosos operadores de bem.
Amados peregrinos de língua portuguesa, nomeadamente os brasileiros vindos de São Paulo, Recife, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, sede bem-vindos! A todos saúdo com grande afeto e alegria, exortando-vos a perseverar na oração, nesta Semana pela Unidade, para que possa crescer entre os cristãos o testemunho comum, a solidariedade e a colaboração! E que Deus vos abençoe!" 



Fonte: Canção Nova Noticias 
           Radio Vaticano



                       
Fica a dica!!! Na PARÓQUIA NOSSSA SENHORA DO DESTERRO está rolando o...

ENCONTRO DE FORMAÇÃO PARA AGENTES DA PASTORAL DA JUVENTUDE 
 
 


DIAS: 16,17,18,19 E 20 DE JANEIRO DE 2012 DAS 19:30h ÀS 21:30h
Local: Salão Padre Eustáquio - Igreja Matriz Nossa Sra. do Desterro - Campo Grande 






OBJETIVO:
CAPACITAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS PARA O TRABALHO DA EVENGELIZAÇÃO DA JUVENTUDE A PARTIR DA PROPOSTA DA PASTORAL DA JUVENTUDE - CNBB.






 
 TEMAS:
* Segunda: Marco referencial da Juventude (trabalho dirigido com o grupo);
* Terça: Diretrizes para a Pastoral da Juventude - Documento da CNBB;
* Quarta: Metodologia para Pastoral da Juventude - Nucleação, formação de grupo, material;
* Quinta: Metodologia para a Pastoral da Juventude - Dimensões, espiritualidade, níveis e acentos próprios;
* Sexta: Elementos básicos para a elaboração de um projeto de Pastoral da Juventude (trabalho com grupos) 



Mais informações: http://paroquiansradodesterro.com.br/


Fique ligado pois ela já está acontecendo!!!!



sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Vamos Nessa!

A COL (Comitê de Organização Local) e o Setor Juventude convida a todos os pjoteros, pjoteras e amigos da pj para um dos momentos mais importantes em preparação para JMJ 2013. É Importante que todos nós estejamos juntos neste momento de adoração e louvor. Organizem-se com sua paróquia, seu grupo de jovens para que TODOS possam vir. O local é bem próximo à Central do Brasil ( 2min), não tem como você não encontrar! Cheguem mais cedo para que possam ter mais tempo de interagir e conhecer novos amigos. Confira o cartaz e veja como chegar e o que irá rola:

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Carta de Saudação da PJ Rio para o 10° ENPJ

Caminhar é ir em busca de metas. Significa mover-se para ajudar muitos

outros a moverem-se, no sentido de tudo fazer para criar um mundo mais

justo e humano. (Dom Helder Câmara)

Rio de Janeiro, 11 de janeiro de 2012.

Olá Pjoteiros desse lindo Brasil!!!

A pastoral da Juventude da Arquidiocese do Rio de Janeiro (PJ Rio) está em sintonia com o 10° ENPJ!!! É com grande alegria que saudamos os delegados e acompanhamos cada passo desse encontro, que para nós é uma grande oportunidade de integrar as PJ´s e de pensar em fortalecer os nossos trabalhos com a Juventude.

Em tempo de preparação para um grande acontecimento em nosso País, a Jornada Mundial da Juventude Rio2013, somos gratos por ser parte da Cidade que sediará o encontro e acolhemos todos e todas jovens voluntários (as) como o Cristo Redentor, embaixador da JMJ, de braços abertos. Sabemos do tamanho da organização, mas também conhecemos a força da juventude unida, Somos Igreja Jovem. Precisamos fazer valer o lema da JMJ Rio2013 "Ide e fazei discípulos todas as nações" Mt 28,19 - chamar outros discípulos para a comunhão e o convívio com o Senhor, principalmente para aqueles que sofrem e se encontram excluídos. Lutar pela causa da Justiça e da Paz, e juntos construiremos a tão sonhada Civilização do Amor.

Agradecemos a Deus por mais uma oportunidade da PJ Rio colaborar com o crescimento da Igreja a partir desse ENPJ. Até breve!

Em unidade,

Coordenação Arquidiocesana PJ Rio

Aline Barbosa e Juliana Fernandes

O segredo da perene juventude de alma é ter uma causa a que dedicar à vida.

( Dom Helder Câmara)

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Mensagem da PJMP ao 10º ENPJ


A Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP) também enviou uma saudação aos participantes do 10º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude (ENPJ).
"Percebemos que este 10º ENPJ será momento de suma importância para a caminhada conjunta das PJ’s para que continuem a escrever uma história de lutas e conquistas de todas as juventudes do nosso Brasil", destaca a carta.

Leia na íntegra:


09 de janeiro de 2012

“A melhor definição que eu conheço da palavra companheiros é: Companheiros são os que repartem o mesmo pão.” Dom Helder Câmara

Olá companheiras e companheiros!

É com muita alegria que escrevemos para a Pastoral da Juventude (PJ) num momento tão importante como o seu 10º Encontro Nacional (ENPJ). Momento grandioso com a vinda de jovens de todas as partes do Brasil, que estão reunidos em Maringá no período de 08 a 15 de janeiro para refletir, partilhar e celebrar a vida. Jovens que buscam formas de contribuir para um bom processo de construção coletivo, onde possa congregar os mais diversos rostos juvenis, que comungam com os princípios da PJ e em consonância com as demais Pastorais da Juventude.
Percebemos que este 10º ENPJ será momento de suma importância para a caminhada conjunta das PJ’s para que continuem a escrever uma história de lutas e conquistas de todas as juventudes do nosso Brasil. Como dizia nosso querido Dom Helder Câmara: “A maneira de ajudar os outros é provar-lhes que eles são capazes de pensar”. E essa tem sido uma das grandes lutas conjunta das Pastorais da Juventude do Brasil.
Sob a luz do Concílio Vaticano II, em um ambiente de formação e celebração da vida, para fortalecimento da fé Cristã e de reafirmação da opção preferencial pelos pobres, transformando a vida da juventude empobrecida, temos muito que celebrar, refletir, rezar, lutar e conquistar. Em cada rosto, cada olhar, cada sorriso e suor estão um pouco do Cristo Ressuscitado, que liberta, perdoa, escuta, fala e compreende. Rosto de Igreja Jovem. Um Cristo que está junto de nós todos os dias.
Desejamos a tod@s vocês um ótimo 10º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude, celebrando a vida e os sonhos de nossas juventudes. E em grande sintonia, que nessa ciranda da vida continuemos juntos, amando sem medida!
Um forte e caloroso abraço!!

Atenciosamente,
Comissão Nacional da Pastoral da Juventude do Meio Popular - CNPJMP

Envie você também sua mensagem ao participantes do 10º ENPJ.
Acesse aqui o mural de recados ou escreva para enpj@pj.org.br.

Mais informações no site: www.pj.org.br/enpj

Autor/Fonte: Equipe de Comunicação do 10ºENPJ


Fonte: PJ.org

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

2012: O Ano da Fé

Com a Carta apostólica Porta fidei de 11 de outubro de 2011, o Santo Padre Bento XVI convocou um Ano da Fé. Ele começará no dia 11 de outubro 2012, por ocasião do qüinquagésimo aniversário da abertura do Concílio Ecumênico Vaticano II, e terminará em 24 de novembro de 2013, Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo.

Este ano será uma ocasião propícia a fim de que todos os fiéis compreendam mais profundamente que o fundamento da fé cristã é “o encontro com

um acontecimento, com uma Pessoa que dá à vida um novo horizonte e, desta forma, o rumo decisivo”. Fundamentada no encontro com Jesus Cristo ressuscitado, a fé poderá ser redescoberta na sua integridade e em todo o seu esplendor. “Também nos nossos dias a fé é um dom que se deve redescobrir, cultivar e testemunhar” para que o Senhor “conceda a cada um de nós vivermos a beleza e a alegria de sermos cristãos”.

O início do Ano da Fé coincide com a grata recordação de dois grandes eventos que marcaram a face da Igreja nos nossos dias: o qüinquagésimo aniversário da abertura do Concílio Vaticano II, desejado pelo beato João XXIII (11 de outubro de 1962), e o vigésimo aniversário da promulgação do Catecismo da Igreja Católica, oferecido à Igreja pelo beato João Paulo II (11 de outubro de 1992).


O Ano da Fé quer contribuir para uma conversão renovada ao Senhor Jesus e à redescoberta da fé, para que todos os membros da Igreja sejam testemunhas credíveis e alegres do Senhor ressuscitado no mundo de hoje, capazes de indicar a “porta da fé” a tantas pessoas que estão em busca. Esta “porta” escancara o olhar do homem para Jesus Cristo, presente no nosso meio “todos os dias, até o fim do mundo” (Mt 28, 20). Ele nos mostra como “a arte de viver” se aprende “numa relação profunda com Ele”. “Com o seu amor, Jesus Cristo atrai a Si os homens de cada geração: em todo o tempo, Ele convoca a Igreja confiando-lhe o anúncio do Evangelho, com um mandato que é sempre novo. Por isso, também hoje é necessário um empenho eclesial mais convicto a favor duma nova evangelização, para descobrir de novo a alegria de crer e reencontrar o entusiasmo de comunicar a fé”.


Fonte: Radio Vaticano

domingo, 8 de janeiro de 2012

Juventude do Brasil se reune em Maringa para o 10º ENPJ

Começa hoje o 10º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude em Maringa/ PR. Segundo a organização, mais de 600 jovens de diversas localidades do Brasil se inscreveram no evento. Eles participarão de diversas atividades programadas como palestras, partilhas e dinamicas em grupo para trocar experiencias de suas comundades.


“Somos Igreja Jovem” é o tema central desta edição. “Este décimo encontro marca uma etapa fundamental no processo de evangelização da juventude. Com a participação dos jovens que virão representando todas as dioceses do Brasil, nós queremos juntos retomar este caminho fazendo com que cada jovem seja protagonista, jovem evangelizando jovem”, destaca o arcebispo de Maringá, Dom Anuar Battisti.

O encontro também vai reunir vários bispos do Brasil e especialistas e autoridades que trabalham com o público juvenil. Já estão confirmadas as presenças da Secretária Nacional de Juventude, Severine Macedo, representando o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, o presidente do Conselho Nacional de Juventude, Gabriel Medina, e a secretária adjunta da Secretária Nacional de Juventude, Ângela Guimarães.

Programação

O encontro iniciará com a celebração da Santa Missa que será presidida pelo presidente da Comissão Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Eduardo Pinheiro da Silva, às 19h30 na Catedral de Maringá. Na segunda-feira pela manhã uma cerimônia no Centro de Formação Bom Pastor, local do encontro, vai marcar a abertura oficial dos trabalhos.

Assessores e especialistas vão conduzir com os jovens, no decorrer da semana, atividades contemplando temas como o Concílio Vaticano II, o projeto de revitalização da Pastoral Juvenil da América Latina, políticas públicas e direitos para a juventude, as diretrizes da ação evangelizadora da Igreja do Brasil, a Campanha Nacional contra a Violência e o Extermínio de Jovens, entre outros. A proposta visa possibilitar um amplo olhar sobre a realidade juvenil brasileira a partir das experiências dos grupos de jovens.

Na terça-feira, o dia será dedicado a um trabalho de visitação missionária. Os jovens serão divididos em grupos e acolhidos em 12 paróquias da arquidiocese de Maringá, onde terão a possibilidade de conhecer as realidades locais e também partilhar as experiências de ser Igreja de outras regiões do país.

A missa de encerramento do 10º ENPJ vai acontecer no sábado (14), na Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe. A celebração terá início às 15h e será presidida pelo arcebispo de Maringá, Dom Anuar Battisti. Em seguida, por volta das 17h30, os jovens vão se concentrar no estacionamento do estádio Willie Davids para realizar uma marcha em favor da Campanha Contra a Violência e o Extermínio de Jovens. A manifestação será acompanhada de um trio elétrico e vai terminar na Praça da Prefeitura.

Além do tema, “Somos Igreja Jovem”, o encontro tem o lema “Na ciranda da vida, a nossa missão é amar sem medida” e a iluminação bíblica extraída do evangelho de João, “Ele tendo amado os seus, amou-os até o fim” (Jo 13,1). Durante todos os dias da programação, uma equipe de jovens estará atualizando com notícias e imagens do encontro o hotsite www.pj.org.br/enpj e as redes sociais da Pastoral da Juventude.


Assista o video de Divulgação do 10º ENPJ





Presente em 80% das dioceses do Brasil
Considerada a maior organização juvenil do país, a Pastoral da Juventude (PJ) é ação organizada dos jovens católicos que, organizados em pequenos grupos nas comunidades, vivem sua missão de anunciar Jesus Cristo. Presente em 80% das dioceses da Igreja Católica no Brasil, a PJ defende uma educação popular e também a educação da fé como caminho que possibilita aos jovens uma formação integral da pessoa humana.

A Pastoral faz parte da articulação da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB, e tem como prioridade capacitar lideranças para serem formadoras de outros jovens, construindo a cidadania e tornado-os protagonistas de um outro mundo possível.


Fonte: PJ  Nacional

sábado, 7 de janeiro de 2012

Inscrições abertas para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) 2012

 Começou hoje o período de inscrição para o SISU 2012 do primeiro semestre. Serão oferecidas mais de 108 mil vagas em 3.327 cursos de 95 instituições de ensino em todo Brasil, exceto no Distrito Federal.

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi desenvolvido pelo Ministério da Educação para selecionar os candidatos às vagas das instituições públicas de ensino superior que utilizarão a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de acordo com os pesos e critérios definidos pelas instituições de ensino ao cadastrar suas vagas. A seleção é feita pelo Sistema com base na nota obtida pelo candidato no Enem 2011. No site (sisu.mec.gov.br), os candidatos podem consultar as vagas disponíveis, pesquisando as instituições e os seus respectivos cursos participantes.

Os estudantes interessados em concorrer as vagas deverão acessar o sistema, e escolher duas opções de curso, indicando a sua prioridade. Diariamente, o sistema divulgará a nota de corte preliminar de cada curso com base na nota do Enem dos candidatos que disputam as vagas. Durante esse período, o participante pode alterar essas opções se achar que tem mais chances de ser aprovado em outro curso ou instituição. Porém, experiências anteriores, mostram que a nota de corte da primeira chamada tende a cair significativamente.
Haverá duas etapas conforme quadro abaixo.



Após as duas etapas, caso ainda haja vagas disponíveis, o sistema gera uma lista de espera que será disponibilizada para as instituições de ensino preencherem as vagas remanescentes. O candidato interessado em participar dessa lista deverá pedir a inclusão entre 26 de janeiro e 1° de fevereiro.

Para maiores inforamções sobre o SiSU 2012, visite o site http://sisu.mec.gov.br.


Por Laila Vargas

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

"O Padroeiro do Rio tem tudo a ver com a juventude"

Encorajados pela mensagem do Papa Bento XVI para o 45º Dia Mundial da Paz e cada vez mais próximos da realização da Jornada Mundial da Juventude, os jovens cariocas têm mais um grande motivo para se alegrar neste novo ano que se inicia. No próximo dia 13 de janeiro, a partir das 22h, no Santuário Nacional de Adoração Perpétua, a Vigília dos Jovens Adoradores receberá a ilustre visita da imagem peregrina de São Sebastião, Padroeiro do Rio de Janeiro.

Promovida pelo Setor Juventude da Arquidiocese e pelo Comitê Organizador Local (COL) da JMJ RIO2013, a Vigília, que está em sua terceira edição, será um encontro festivo, quando a juventude terá a oportunidade de apresentar suas intenções a São Sebastião — Padroeiro da Cidade Maravilhosa, que acolherá peregrinos do mundo inteiro para o encontro com o Papa Bento XVI em 2013.

Além da imagem peregrina do Padroeiro do Rio de Janeiro, que receberá homenagens durante a vigília, o momento de oração contará também com a presença do Arcebispo Dom Orani João Tempesta. Segundo o assessor eclesiástico do Setor Juventude, Padre Renato Martins, é uma grande graça para os jovens estarem em vigília também sob a intercessão de São Sebastião.

— A juventude do Rio de Janeiro se prepara para a Jornada Mundial da Juventude, que vai acontecer na nossa Cidade Maravilhosa. E os jovens se preparam, especialmente, através da oração, adoração e louvor ao Senhor. No dia 13 de janeiro, dentro dos festejos de São Sebastião, nós teremos a vigília e a alegria de receber a imagem peregrina do Padroeiro e a presença do nosso Arcebispo, Dom Orani. (...) Todos estão convidados a participar deste momento de adoração, que nos conduz e nos aproxima cada dia mais do nosso Senhor Jesus Cristo, disse o Sacerdote.

Trezena de São Sebastião ligada à juventude

A menos de um mês do início da trezena em honra ao Padroeiro da Arquidiocese do Rio de Janeiro, o Coordenador de Eventos de Massa da Arquidiocese do Rio, Padre Omar Raposo, ressalta que em 2012 os festejos de São Sebastião estarão profundamente ligados à juventude.

— São Sebastião é o jovem mártir da fé, modelo para a nossa juventude. Pastoralmente, vimos essa necessidade da devoção primaz da cidade do Rio de Janeiro e dessa realidade que está vindo ao nosso encontro, que é a JMJ RIO2013. Sendo assim, nós vimos a oportunidade de fazer uma releitura da festa de São Sebastião indo visitar também os lugares onde os jovens estão e tornar esse grande evento em algo também voltado para a juventude. (...) O Padroeiro do Rio tem tudo a ver com a juventude, e quem recebe os milhões de peregrinos para a JMJ RIO2013 não é somente o seu embaixador, o Cristo Redentor com seus braços abertos, mas também o jovem mártir e mensageiro da paz, São Sebastião, afirmou Padre Omar Raposo.

De acordo com a Coordenadora da Pastoral da Juventude, Juliana Fernandes, a Vigília dos Jovens Adoradores de janeiro contará também com a presença da banda Frutos de Medjugorje e da Comunidade Pequeno Rebanho, entre outras pastorais, grupos e movimentos ligados ao Setor Juventude da Arquidiocese do Rio.

Para a apresentadora do programa “Nas Ondas da PJ”, da Rádio Catedral FM 106,7, Ana Paula Albino, a juventude precisa fazer do ano de 2012 um tempo de oração e vigilância.

— Começando o ano de 2012, o coração já bate mais forte por ter a Jornada Mundial da Juventude RIO2013 mais próxima. Precisamos vigiar, orar, e entregar nossos
projetos, sonhos e toda a Jornada nas mãos de Deus. Sabendo que não estamos sozinhos, mas sempre com Deus, precisamos estar juntos em todas as vigílias, orando pela mesma intenção: que é evangelizar a juventude cada vez mais, ressaltou Ana Paula.

Para a Coordenadora de Comunicação da Pastoral da Juventude (COMPJ), Anna Bayer, as vigílias que serão realizadas no próximo ano trarão aos jovens cariocas a unidade necessária para que se realize uma Jornada Mundial da Juventude.

— As vigílias que se realizarão ao longo de 2012 serão momentos de integração de toda a juventude carioca, que se preparará espiritualmente para receber a JMJ RIO2013. Creio que as vigílias serão um momento de unidade de toda a juventude, para estar bem preparada para receber o chefe de nossa Igreja, o Papa Bento XVI. (...) Muitas serão as tentações e encalços que a Igreja no Brasil enfrentará durante esse ano; portanto, só com oração, amor e fé realizaremos bem a Jornada Mundial da Juventude, disse Anna Bayer.

vigília#Rio2013


Um movimento dentro da internet está sendo organizado pelo Setor Juventude para os dias 7 e 13 de janeiro, para o qual todos estão convocados e convidados a usar no final de suas citações, tanto no Facebook, quando no Twitter, a hasteg vigília#Rio2013.

A Igreja de Sant’Ana fica na Praça Cardeal Dom Sebastião Leme, 11 – Centro. Informações através do blog da Pastoral da Juventude Rio (PJRio): www.pastoraldajuventuderio.blogspot.com .

Raphael Freire

* Fonte: www.arquidiocese.org.br
* Fotos: Gustavo de Oliveira e Victor Gonzalez

CD São Sebastião Acolhe a Juventude



Mártir, Padroeiro do Rio de Janeiro e também um acolhedor da juventude — assim é São Sebastião. O Santo, que sobreviveu após ser atingido por flechas, teve uma vida voltada para Deus até o seu martírio. Na Arquidiocese do Rio de Janeiro, os festejos em honra do Padroeiro começam cedo, logo no dia 7 de janeiro. Serão treze dias de muita oração, agradecimento e peregrinação da imagem do Santo por todos os Vicariatos. A próxima trezena de São Sebastião terá foco nos jovens, como uma preparação para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ RIO2013), assim como o CD de cânticos, que embalará os festejos. O álbum já tem nome definido: “São Sebastião Acolhe a Juventude”.

Segundo o Coordenador de Eventos de Massa, Padre Omar Raposo, o CD é uma continuidade do álbum divulgado na trezena anterior:

— Essa é uma continuidade de um projeto que se iniciou com a trezena de 2011, na qual reunimos várias canções em um CD. É uma alegria poder viabilizar esse projeto e mostrar uma relação entre São Sebastião e a Juventude, contou.

Ao todo, 12 músicas, além de uma faixa bônus remixada da música “As Flechas não mataram” — sucesso da trezena de 2011—, irão compor a coletânea do CD. Dessas 12 músicas, cinco são apropriadas para uso litúrgico. O produtor musical do CD, Paulo Lima, explica que os cânticos terão um perfil voltado para a juventude.

— O CD vai ser um grande instrumento de despertar para a Jornada. A pessoa vai participar da trezena de São Sebastião e, através das músicas e dos louvores, vai também refletir e despertar para a Jornada, afirmou.

Assim como em 2011, o CD de São Sebastião será enriquecido com a variedade de ritmos, desde o axé até o rock. Segundo Paulo Lima, a coletânea será capaz de agradar a qualquer pessoa.

— O CD une o tradicional com o moderno, e assim a figura de São Sebastião vai ser tratada de uma maneira bem diversificada, afirmou.

Uma das novidades do CD é a presença de cânticos litúrgicos. Os cantos são da Missa do Mártir São Sebastião — composições do Padre Ney Brasil, da Irmã Míria Kolling e de Frei Joel.

— A missa é um dos pontos altos do CD, é um momento de reflexão, de culto a Deus, disse.

Outro diferencial é a Ladainha de São Sebastião, cantada pelo Padre Omar Raposo. O canto promete inovar, com os diferentes ritmos agregados à composição.

— A ladainha é o grande diferencial do disco. É uma ladainha bem jovem. A interpretação da música representa a alegria associada à JMJ. Quando escrevemos essa música imaginamos os jovens cantando. A ladainha tem quatro movimentos, o primeiro é o pagode. Só escutando, não dá pra descrever, afirmou Paulo.

A previsão é de que o CD de São Sebastião seja lançado antes da trezena, porém a data ainda não foi definida. O álbum também será divulgado pelas redes sociais e pode ser encontrado na página do facebook: Arq Rio Músicas S. Sebastião.

Gravação do CD

Para participar do CD foram convidados 12 padres, o que também é uma novidade da trezena de 2012. No ano anterior, apenas 6 sacerdotes participaram da gravação. São eles: o Pároco da Paróquia de São Sebastião, Padre Francisco Reinaldo; o Pároco da Igreja Santa Teresinha, Padre Marco Lázaro; o prefeito da Disciplina da Teologia do Seminário São José, Padre Leandro Câmara, o Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Paz, João Damasceno; o Pároco da Igreja São Joaquim, Padre Gleuson Gomes; o Reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar Raposo; o Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Paz, Padre Jorjão (Jorge Luiz Neves) e o Padre Cristiano Holtz.

Para Padre Jorjão, que interpreta as músicas “Mártir São Sebastião” e “Hino dos/as Mártires”, participar da gravação do CD foi muito especial, porque, como carioca, desde pequeno aprendeu a amar o Padroeiro da Cidade Maravilhosa.

— Desde criança participei das procissões, aprendi a cantar suas novenas. Aprendi muito a amar os santos, os mártires, esses homens que tinham tanta fé na vida eterna que estavam dispostos a derramar o seu sangue. Eles não pregaram com palavras bonitas, pregaram com o testemunho e com a fusão de sua vida, ressaltou.

Segundo ele, os santos — "que são a Bíblia e o Evangelho vivo em carne e osso" — mostram para nós que a Palavra de Deus, mais do que letra, é vida.

— Os santos são a Bíblia em audiovisual, são a multimídia da fé. E São Sebastião é um grande exemplo disso, destacou.

De acordo com Padre Gleuson, que canta “Jovens Abençoados” e “As flechas não mataram”, esse projeto do CD "São Sebastião acolhe a juventude" vai ser um grande ganho para a Arquidiocese do Rio junto aos preparativos para a Jornada Mundial da Juventude RIO2013.

- Temos como estandarte esta vida tão expressiva que é a vida de São Sebastião, nosso Padroeiro, querendo ser um incentivador, uma motivação ao coração dos nosso jovens, afirmou.

Segundo Padre Renato Martins, que interpreta a música “Ao mártir São Sebastião”, esta segunda edição do CD levará a mensagem de Cristo através da música a todas as comunidades que receberão a visita da imagem de São Sebastião.

- Peregrinar com a imagem de São Sebastião é mostrar um jovem que lutou pela sua fé, que foi firme na sua fé e que chama os jovens da nossa Arquidiocese a serem firmes também na fé, a lutarem pelos seus ideais, a trabalharem por um mundo melhor e também a se dedicarem à preparação da Jornada Mundial da Juventude, destacou.

Para o Padre Cristiano Holtz, que canta a música “Padroeiro Augusto”, o CD registra um momento importante da vida da Arquidiocese do Rio, pois celebra o seu Padroeiro, aproveitando a jovialidade do povo carioca e os estilos musicais diferentes, o que fará com que esta celebração de São Sebastião na cidade do Rio seja única.

— Nosso objetivo com esse trabalho é mostrar não só a beleza da nossa fé para a cidade do Rio de Janeiro, mas, acima de tudo, é a gente poder propagar o nome do nosso padroeiro, São Sebastião, fazendo com que a juventude abrace também esse exemplo de testemunho do Nosso Senhor Jesus Cristo que ele deixou, frisou.

Raquel Araujo (Portal da Arquidiocese) e Renato Francisco (Jornal Testemunho de Fé)

*Fonte: www.arquidiocese.org.br
*Fotos: Renato Francisco - Jornal Testemunho de Fé

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Contagem regressiva para o 10º ENPJ



De 8 a 15 de Janeiro, a juventude reafirma sua eclesialidade no 10º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude que ocorrerá em Maringá, Regional Sul II. Pela primeira vez em uma diocese da Região Sul, o ENPJ 2012 tem como tema "Somos Igreja Jovem, à luz da celebração dos 50 anos do Concílio Vaticano II, das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja do Brasil e do Plano de Ação Pastoral da PJ" e o seu lema " Na Ciranda da vida, a nossa missão é amar sem medida".

O encontro  será animado pelo exemplo e memória de Jesus que amou sempre e sem medida, dando sua vida livremente. É por isso, que a PJ, fiel à sua missão junto à juventude, no 10º ENPJ assume como iluminação bíblica para si e para sua missão as palavras que descrevem o amor incondicional de Jesus: Jesus, tendo amado os seus, amou-os até o fim! (Jo 13,1).

O objetivo geral deste encontro é possibilitar um amplo olhar sobre a realidade juvenil brasileira, a partir dos grupos de base, do Plano de Ação da Pastoral da Juventude, para a missão, intervenção social e a construção da Civilização do Amor à luz do seguimento a Jesus de Nazaré, celebrando em sintonia com toda a Igreja, os 50 anos do Concílio Vaticano II.

A expectativa é que cerca de 700 jovens de diversos lugares do Brasil participem do encontro, e a Arquidiocese do Rio de Janeiro contará com dois representantes em Maringá.

Durante a Assembléia Arquidiocesana da PJ Rio, Junior , tesoureiro arquidiocesano da PJ e Felipe Eduardo, coordenador Vicariato Jacarepaguá, receberam a benção de envio para o ENPJ de Dom Antonio Augusto, bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio e motivador da Juventude, para que na volta possam partilhar os bons frutos colhidos nestes dias de interação com a juventude nacional.

Twitaço do 10º ENPJ

A exemplo do dia 8 de Dezembro, que ocorreu um twitaço de divulgação do 10º ENPJ, a Pastoral da Juventude Nacional convida a toda juventude a participar novamente no dia 8 de Janeiro, no dia da Missa de Abertura do 10º ENPJ na Catedral de Maringá/ PR, a utilizar a hashtag  #10ENPJ para demonstrar a força e a unidade da juventude brasileira.

Durante a semana que acontece o encontro, toda a juventude poderá se atualizar sobre o que acontece no evento através do site da PJ Nacional (http://pj.org.br/enpj) e pelas suas redes sociais.

Foto: Ronaldo Melo
Fonte: Site da PJ Nacional




domingo, 1 de janeiro de 2012

Mensagem de Dom Orani pelo Dia Mundial da Paz

No limiar de um Ano Novo, ainda envolvidos pelas angústias, dificuldades e crises que marcam a nossa existência sobre a Terra, o nosso coração, como na situação descrita por Isaías, corre ao sentinela e pergunta: “Sentinela, o que dizes da noite? A quantas está a noite? O sentinela responde: chega o amanhecer, mas outra noite também. Se quiseres saber, volta a perguntar” (Is. 21, 1-12).

Como será o Novo Ano? — Perguntamo-nos. E ainda que façamos muitos planos, falta-nos a garantia de sua realização, face às incertezas do amanhã. Podemos comparar o novo ano com um caderno em branco que recebemos e que nele escreveremos com a nossa vida. Dependerá de como estaremos correspondendo ao plano de Deus para termos um ano feliz.

Desejamos a todos um feliz e próspero ano! Mas, muitas e muitas vezes, esta é uma expressão vazia, um abraço sem sentido. Apenas entra-se “na onda” úmida da embriaguez de uma euforia sem nexo.

O augúrio de paz deve brotar da sinceridade de nosso coração, arraigado na esperança de um esforço de toda a humanidade de levar à frente a construção e uma ordem social fundamentadas na justiça e expressas na caridade e no amor. Essas devem ser a razão de nossa alegria e da efusão dos nossos sentimentos, na maravilha dos fogos de artifício que iluminam a noite da passagem do ano, com o espocar dos foguetes misturados com os shows dos artistas.

Paulo VI, ao instituir o Dia Mundial da Paz em 1968, para marcar o primeiro dia do ano, desejava que “depois, a cada ano, esta celebração se viesse a repetir como augúrio e promessa no início do calendário que mede e traça o caminho da vida humana no tempo que seja a Paz, com o seu justo e benéfico equilíbrio, a dominar o processar-se da história no futuro".

A paz! Um grande dom que podemos aspirar para nossa vida, seja na intimidade de nossa alma, seja nas nossas atividades, seja para todo o mundo. Maravilhosa, na sua síntese e na expressão que abarca todo o anseio, a bênção divina que Moisés prescreveu para que por ela fôssemos enriquecidos na graça: “Que o Senhor te abençoe e te guarde, volte para ti a Sua face e te dê a paz”.

A paz é fruto de uma sociedade arquitetada na justiça e vivenciada no amor. São os parâmetros que o Senhor nos dá para vivermos na tranquilidade da ordem e no crescimento harmônico.

O homem é um ser livre e social. Por sua condição de um ser dotado de razão, tem a liberdade de escolher entre o Bem e o Mal, de pautar a vida e a sua atividade para dar continuidade à obra criadora de Deus, dominando a Terra e suas potencialidades para o crescimento e desenvolvimento de todos, como também, para num fechamento egoístico e mesmo irracional, desde que se garanta na sua sede insaciável do momento presente, tudo deixar à perdição, expoliando o direito alheio e gerando o ódio, a vingança e a miséria do outro.

Para que tenhamos a paz e a benção divina, cumpre-nos buscar a Verdade, não o conceito metafísico, mas, como nos ensina a Palavra de Deus na História da Salvação, numa vivência dela própria, na sua Luz que ilumina todo o homem que vem a este mundo e que crê que é filho de Deus. “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”, disse Jesus, e “quem me segue não andará nas trevas”.

Lembremo-nos da profecia de Isaías lida, meditada e rezada neste Tempo Litúrigico. “O povo que caminhava nas trevas viu uma grande Luz”, e na continuidade nos descreve como são queimados no fogo os instrumentos de guerra, as botas dos opressores, porque um Filho nos foi dado e nele a Luz da Verdade, o Verbo Eterno.

O Papa Bento XVI, para o ano de 2012, envia a sua mensagem para esse dia que tem como tema central: “Educar os jovens para a Verdade e a Paz”. Oportuna a manifestação do Sumo Pontífice, porque a juventude valoriza as pessoas autênticas e verdadeiras, e somente acorrem a atividades crivéis, de quem vive, primeiro, o que prega. Ensina, em sua alocução, o Papa: “Mas, nesta escuridão, o coração do homem não cessa de aguardar pela aurora de que fala o salmista. Esta expectativa mostra-se particularmente viva e visível nos jovens; e é por isso que o meu pensamento se volta para eles, considerando o contributo que podem e devem oferecer à sociedade. Queria, pois, revestir a Mensagem para o XLV Dia Mundial da Paz duma perspectiva educativa: « Educar os jovens para a justiça e a paz », convencido de que eles podem, com o seu entusiasmo e idealismo, oferecer uma nova esperança ao mundo. A minha Mensagem dirige-se também aos pais, às famílias, a todas as componentes educativas, formadoras, bem como aos responsáveis nos diversos âmbitos da vida religiosa, social, política, econômica, cultural e mediática. “Prestar atenção ao mundo juvenil, saber escutá-lo e valorizá-lo para a construção dum futuro de justiça e de paz não é só uma oportunidade, mas um dever primário de toda a sociedade”.

Bento XVI nos convida a valorizar a vida em todas as suas dimensões: “Trata-se de comunicar aos jovens o apreço pelo valor positivo da vida, suscitando neles o desejo de consumá-la ao serviço do Bem. Esta é uma tarefa na qual todos nós estamos, pessoalmente, comprometidos”.

Logo depois da JMJ Madrid 2011, em que o Papa Bento XVI esteve em contato mais próximo com mais de dois milhões de jovens, ele constata: “As preocupações manifestadas por muitos jovens nestes últimos tempos, em várias regiões do mundo, exprimem o desejo de poder olhar para o futuro com fundada esperança. Na hora atual, muitos são os aspectos que os trazem apreensivos: o desejo de receber uma formação que os prepare de maneira mais profunda para enfrentar a realidade, a dificuldade de formar uma família e encontrar um emprego estável, a capacidade efetiva de intervir no mundo da política, da cultura e da economia, contribuindo para a construção duma sociedade de rosto mais humano e solidário. É importante que estes fermentos e o idealismo que encerram encontrem a devida atenção em todas os componentes da sociedade. A Igreja olha para os jovens com esperança, tem confiança neles e encoraja-os a procurarem a verdade, a defenderem o bem comum, a possuírem perspectivas abertas sobre o mundo e olhos capazes de ver « coisas novas » (Is 42, 9; 48, 6).

Ao iniciar o ano de 2012, olhando para Maria Santíssima, a Rainha da Paz, façamos força pessoal e coletiva para que a Justiça e o Amor sejam para todos, particularmente para os jovens brasileiros que se preparam para a JMJ Rio 2013, consequência de quem, com o coração aberto à mensagem de Cristo, trilha o Caminho da Verdade, que dá a vida, que vence o horror da morte.

Em nosso íntimo, encontramos a paz se procurarmos viver a Verdade no Amor e na Justiça, numa integridade sadia de respeito a nós mesmos, ao nosso corpo e às nossas potências vitais que temos dentro de nós, de crescermos em sabedoria e graça, buscando a perfeição a que fomos chamados: “sede perfeitos como vosso Pai Celestial é perfeito”.

Encontraremos também a paz em nosso meio, na família, na sociedade, se nossos pés forem de pessoas anunciadoras da paz, não só no simples desejo ou nos votos de felicidades para o Novo Ano, por mais belo que seja o cartão, por mais bela que seja a mensagem, mas principalmente através de atitudes concretas de vida.

Trabalhemos para que o abençoado ano de 2012 seja feliz e comprometido com a vida nova de justiça e paz.


Dom Orani Jõao Tempesta - Arcebispo Metropolitano

Siga-nos!!!