quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Você sabe a diferença entre: Missa e M.I.S.S.A?

Por Aline Barsan
O Natal é tempo de se recolher a oração e a espera do que Cristo que vem se revelar. Nós jovens temos muito motivos para nos colocarmos em oração, um deles é a Jornada Mundial da Juventude que irá acontecer em 2013, aqui no nosso estado o Rio de janeiro. Precisamos nos policiar para não abrirmos brechas para cair no pecado, que é o que nos afasta do Pai. Quem pode acompanhar os dois dias de Halleluya (26 e 27 de novembro) na Quinta da Boa Vista, pode ver que uma pequena chuvinha foi a causa de dispersão de muitos jovens, o que reduziu a quantidade de público no 2º dia do evento.
Esta é a hora de nos empenharmos em evangelizar, como diz o tema do Hallelluya" Solte a sua voz" não apenas para cantar, mas para anunciar o Cristo que por amor se entregou e morreu na cruz por nós.
O mundo está sedento do amor de Deus, (veja o video do youtube M.I.S.S.A:uma balada jovem que afronta a nossa fé!) há pessoas que a tanto tempo esperam a revelação (o nascimento) de Cristo em suas vidas, e esta revelação só poderá vir através de cada um de nós. Há cristão que muita das vezes, vivemos um longo de tempo de gestação com Cristo, ou seja, sabemos da existência de Jesus e do seu pode de salvação, mas não permitimos que ele venha a nascer ao mundo porque nos calamos.
O Senhor nos observa hoje com um olhar "baixo", isso mesmo, assim como ressalta Isaías na 1ª leitura de hoje (Rm 10, 15):"Quão formosos são os pés daqueles que anunciam as boas novas". Deus quando observa os nossos pés, vê muito mais além do que unhas, um pé torto, sujo ou limpo, mas vê além da nossa humanidade, vê a intenção do nosso coração e nos sustenta na nossa pequenez. Façamos a nossa parte, apresentemos o Cristo que vem para nos salvar, e deixe que Ele haja nos confins da mundo.

Ouça a um pequeno momento de formação através da pregação!
Tema: Temperança

* Fonte: Podcast Web Canção Nova


Video: Balada Jovem M.I.S.S.A

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Assembleia aprova prioridades para a Igreja no Rio

Depois de dois anos de reflexão, a Arquidiocese do Rio de Janeiro conta com um novo plano de pastoral, que contempla prioridades na ação evangelizadora para os próximos cinco anos, até 2016.

As oito propostas do 11º Plano de Pastoral de Conjunto (PCC) foram aprovadas durante a Assembleia Arquidiocesana, realizada nos dias 26 e 27 de novembro, no Colégio Nossa Senhora da Penha, no bairro da Penha.

Os trabalhos foram conduzidos pelo Arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, com o apoio do coordenador de pastoral, monsenhor Joel Portella Amado. Entre os 864 delegados, a presença dos bispos auxiliares, vigários episcopais, clero, diáconos, religiosas, agentes pastorais e lideranças eclesiais.

O segundo dia da Assembleia começou com a celebração da Eucaristia, às 8h, presidida por Dom Orani. Recordando o novo tempo litúrgico e o inicio do Advento, na expectativa do Senhor que vem, ele convidou a todos para a vivência da unidade eclesial, e a busca de novos tempos para a evangelização.

- Ao elaborar nosso plano de Pastoral, em busca de uma Igreja mais servidora, atenta às necessidades da evangelização, sentimos as angústias e os reflexos da chamada ‘mudança de época’. Agora, depois da conclusão do processo, se supõe o empenho pela transformação das realidades. Devemos fazer isso com um renovado dinamismo, com um olhar novo, de esperança, como conseqüência do nosso compromisso com o Evangelho, afirmou.

Na pauta do dia, foram apresentados os membros da comissão organizadora da Jornada Mundial da Juventude, a ser realizada em 2013, no Rio de Janeiro. Os representantes das equipes falaram sobre os desafios a ser superados, motivando os participantes a se empenharem na organização do evento, principalmente na dimensão do acolhimento.

A última novidade, apresentada pelo diretor de comunicação da JMJ, Padre Márcio Queiroz, foi a conclusão do concurso da logomarca da Jornada Mundial da Juventude, que contou com participantes de vários países. As finalistas, confiadas ao Bispo Auxiliar Dom Paulo Cezar Costa durante a Assembleia, serão entregues pessoalmente por ele, nesta semana, ao Pontifício Conselho para os Leigos, em Roma, a quem cabe a escolha da logomarca vencedora.

Em seguida, houve a votação de nove ítens, não definidos de forma satisfatória na primeira votação. No primeiro dia da assembleia, os 98 itens das oito prioridades foram votadas por 632 delegados, sendo que 421 por maioria absoluta e 211 por maioria simples. No final, foi acrescentado mais um item, ficando escolhido 2012 como o Ano do Discípulo (clero, vida consagrada e leigos)

O 11º PCC, que agora segue para a redação final, foi aprovado com as seguintes prioridades: O anúncio de Jesus Cristo e a Iniciação Cristã, A Palavra de Deus: Lugar privilegiado para o encontro com Jesus Cristo, Numa Rede Comunidades, Numa Rede de Serviços e Ministérios, Em Permanente estado de missão, A serviço da vida em todas as suas instâncias, Juventude - um Destaque especial e Falha na Comunicação.

De acordo com coordenador de pastoral, monsenhor Joel Portella Amado, o novo plano de pastoral foi elaborado a partir do Documento de Aparecida e das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil.

O sacerdote lembrou que o 10º PPC já havia terminado quando Dom Orani chegou, mas que ele prorrogou a vigência e determinou a elaboração de um novo plano, levando em conta os conceitos apresentados pelo Documento de Aparecida, como a questão da mudança de época, da conversão pastoral e do estado permanente de missão.

- O que foi definido na Assembléia, com vigência para os próximos cinco anos, retrata o rosto da Arquidiocese do Rio. Não é um plano pastoral feito ao estilo de décadas passadas, onde cada pastoral tinha suas determinações, linhas mestras para a ação evangelizadora. O novo plano, com suas prioridades, determinações e indicações devem perpassar todos os seguimentos eclesiais, afirmou o coordenador.

* Texto e Fotos: Carlos Moioli

sábado, 26 de novembro de 2011

Halleluya Rio

Galera ligadissima no Blog da PJ Rio, estamos hoje aqui no Halleluya, direto dos bastidores...é muito bom poder estar aqui hoje ajudando a evangelizar nesse evento que é um dos maiores feitos em todo o país. Nesse momento Bruno Camurati está no Palco começando a animar as pessoas que chegam ansiosas e sedentas de Deus! Com uma estrutura impar a Comunidade Shalom está promovendo este evento que é uma benção para todos os jovens e pessoas que desejam vivenciar Deus em suas vidas! Venha para cá...o Halleluya ocorre na Quinta da Boa Vista, hoje e amanha a partir das 15h!
Solte a sua voz no Halleluya!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

AGENDA FINAL DE SEMANA

Dia: 26 de Novembro
O que: Show de Stand UP Comedy e de Improviso
Horário: às 20:30h
Local: Paróquia N.S. da Luz (Rua Ana Nery, 1014 – Rocha (perto da estação São Francisco Xavier))
Participação: Grupo “Os Luznticos” Rafael Motta e Renan Sutero Ferreira e o convidado Fábio Borges.
Ingressos: R$ 5,00

Dia: 26 e 27 de Novembro
O que: Festival Halleluya
Horário: às 15h
Local: Quinta da Boa Vista (Avenida Pedro II, s/n - São Cristóvão)
Participação: Missionário Shalom, Anjos de Resgate, Banda Dominus, Suely Façanha, Banda Alto Louvor, Bruno Camurati, Olívia Ferreira, Cosme, Banda Bom Pastor, Marcio Pacheco, DJ Vitor Sales e Cristoteca e espetáculo teatral O Canto das Írias.
Informações: Comunidade Shalom Rio de Janeiro - (21) 3251-4831
Entrada Franca

Dia: 26 e 27 de Novembro
O que: Doação de sangue nas Paróquias
Horário: durante as Missas
Local: Foranias dos Vicariatos Norte e Urbano
Agentes da Pastoral da Saúde estarão cadastrando voluntários em todas as missas. O dia da coleta será dia 11 de dezembro, domingo, quando todos os inscritos deverão comparecer ao Hemorio, na Rua Frei Caneca, 7 – centro.
Informações: com Dr. João Melo (21) 3390-1441.

Dia: 03 e 04 de Dezembro
O que: Curso sobre a Teologia do Corpo
Horário: dia 3 as 8:30 e 16:30 e dia 4 as 8:30 e 12:30
Local: Basílica de Santa Terezinha do menino Jesus (Rua Mariz e Barros, 354 – Tijuca)
Inscrições: pastoralfrj@gmail.com
Informações: no blog www.pastoralfamiliarrj.blogspot.com
Entrada Franca

Por Laila Vargas

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

11° PPC na Assembléia Arquidiocesana

O 11° Plano Pastoral de Conjunto será construído na Assembléia Arquidiocesana, nos dias 26 e 27 de novembro. Diferente dos planos anteriores, que tratavam de toda a vida pastoral, o 11° vai identificar algumas prioridades que envolvem a Arquidiocese, como: iniciação cristã, rede de comunidades, animação bíblica da pastoral etc.

Com o objetivo de possibilitar aos cristãos católicos uma caminhada de unidade, a proposta é que o plano se torne referência para uma revisão da vida e para um planejamento do que será realizado com relação à ação evangelizadora da Igreja no Rio de Janeiro.

Segundo o coordenador arquidiocesano de Pastoral, Monsenhor Joel Amado, um dos pontos a serem trabalhados é a articulação das paróquias:

— Dar visibilidade não é só mostrar o que se faz, mas principalmente articular o que se faz. Por exemplo, muitas vezes vemos paróquias vizinhas em que uma tem farmácia popular e a outra tem consultório médico. Se elas estivessem integradas, se houvesse um conhecimento, poderíamos alcançar mais pessoas, pontuou.

Monsenhor Joel afirmou ainda que o plano foi se formando ao longo de três etapas. Nesse tempo, surgiram duas questões, uma voltada para a ação evangelizadora junto à juventude e a outra voltada para a comunicação.

— (...) Nós ainda não temos uma cultura de comunicação na Igreja, como seria desejável. É preciso conscientizar, principalmente os padres, sobre a importância de informar, reinformar e formar, porque as nossas comunidades não têm muito essa cultura de prestar atenção até mesmo em avisos paroquiais, disse.

Já sobre a juventude, Monsenhor Joel lembrou a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e ressaltou que uma das propostas é transformar o ano de 2013 em ano da juventude.

— O que se propõe é assumir com toda a garra o ano de 2013 como o ano da juventude. Para isso temos que dialogar com jovens e participar com eles para saber o que é possível fazer para ajudar. Uma das prioridades, que é a iniciação cristã e possivelmente a animação bíblica, com certeza estarão alinhadas com a juventude.

Conheça as propostas a serem votadas no site da Arquidiocese: http://www.arquidiocese.org.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=7255&sid=39

Raquel Araujo

*Fonte: www.arquidiocese.org.br

Músicos em Oração na Arquidiocese do Rio



Na última terça-feira, 22 de novembro, Dia de Santa Cecília – Padroeira dos Músicos – a Arquidiocese do Rio de Janeiro e a Rádio Catedral FM 106,7, com o apoio da Casa do Violão, realizaram o evento “Músicos em Oração”, primeiro encontro dos músicos católicos do Rio de Janeiro com o Arcebispo, Dom Orani João Tempesta. Além da Missa, os músicos tiveram a oportunidade de participar de um momento de oração e partilha, com o testemunho da cantora Adriana.

Dom Orani agradeceu aos aproximadamente 300 músicos que participaram do encontro, afirmando que o trabalho e a missão de evangelizar passam por muitos caminhos, sendo a música um dos meios que mais agrada, em especial, à juventude. O Arcebispo ressaltou ainda que a música sempre fez parte da Igreja na sua liturgia e também na sua pastoral, iniciando com os Salmos cantados, passando pela música gregoriana e chegando até os dias de hoje com uma diversidade de ritmos e possibilidades.

— Já faz algum tempo que nós havíamos pensado e refletido que existe algo comum a todos que estão aqui, e, com o avanço dos trabalhos, começava a surgir um certo tipo de encontro e de uma organização – que não sufocasse evidentemente as iniciativas – com aqueles que evangelizam e ajudam a evangelizar através do carisma que receberam, servindo a Deus, a Igreja e ao povo com a música. E creio que, o dia de hoje, dia de Santa Cecília, é um momento em que nós queremos começar um trabalho de comunhão, afirmou Dom Orani.

Para o Reitor do Santuário Cristo Redentor e responsável, juntamente com o Cônego Manuel Manangão, pela música na Arquidiocese, Padre Omar Raposo, a música é fundamental para a evangelização e o encontro trouxe para os músicos a importância da oração e da unidade enquanto Igreja.

— Sem dúvida nenhuma a música na Igreja tem duas finalidades muito bem definidas: a primeira, o louvor a Deus, e a segunda a edificação dos fiéis. E para que, de fato, o louvor a Deus seja consistente e a edificação dos fieis seja plena, nós precisamos nos formar e precisamos rezar juntos. (...) Hoje, Dom Orani, que traz no lema “que todos sejam um”, congrega na unidade e no amor todos os músicos e cantores que tem uma sensibilidade musical e que já prestam um serviço às diversas paróquias de nossa cidade; então, é uma oportunidade pra gente poder rezar juntos, celebrar a vitória de Deus e a Jornada Mundial da Juventude que está chegando, disse Padre Omar.

O encontro contou com a presença de músicos não só da cidade do Rio de Janeiro mas também de cidades vizinhas, como Niterói e Maricá, e até de outros Estados, como Minas Gerais. Mas um diferencial do evento foi a participação de diversos músicos seculares, que cantam na noite e que quiseram participar do encontro para ouvir um direcionamento e uma palavra do Arcebispo. Para o locutor da Rádio Catedral e autor do nome do encontro – “Músicos em Oração” – Ricardo Franco, é muito importante que os músicos seculares também ouçam a voz de Dom Orani.

— Eu achei muito bacana a ideia deste encontro, desde que eu soube que haveria, porque uma coisa é o Arcebispo falar pela Web TV ou pela televisão se dirigindo aos músicos, e outra é o encontro pessoal, cara a cara, isso faz uma diferença muito grande. (...) Aqui não temos apenas músicos da Igreja que tocam músicas católicas, mas também temos músicos seculares e é muito importante que eles ouçam do Arcebispo a missão que eles têm, ressaltou o locutor.

Já a cantora da banda “Barrados no Baile”, Tatty Caldeira – que trabalha no meio secular desde 2003 e começou a cantar na Igreja com dez anos de idade – acredita que o evento veio para unir cada vez mais os músicos e a Arquidiocese do Rio.

— Essa iniciativa foi maravilhosa porque os músicos em geral estavam precisando de um incentivo para estar mais juntos de Deus e unidos com a Arquidiocese, e foi uma alegria muito grande ver esse auditório lotado. (...) Eu estou muito feliz de poder estar aqui hoje, como católica, porque muita gente reclama dizendo que só os evangélicos se reúnem, só os evangélicos estudam música e não é isso que acontece, os católicos estão presentes sim e a música católica está crescendo no Rio de Janeiro, no Brasil e no mundo, afirmou Tatty.

Para os cantores católicos Eric Guimarães e Olívia Ferreira, o encontro representa uma nova etapa para os músicos da Arquidiocese do Rio de Janeiro, tendo cada vez mais presente a oração, a Palavra de Deus e a unidade entre os músicos e a Igreja.

— Esse encontro que Dom Orani nos convocou – porque sendo a voz do nosso pastor só pode ser uma convocação – é de imensa importância, porque necessitamos dessa voz do pai como diz o próprio Jesus: “as minhas ovelhas reconhecerão a minha voz”. E tendo a voz do Dom Orani nos falando tão diretamente é uma maneira de direcionar nosso trabalho, nosso ministério, e dizer, de certa forma, pra Deus, que estamos aqui ouvindo a sua voz, entendendo aquilo que Ele quer e deseja de nós, disse Erick.

— Eu estou muito feliz de estar aqui e tenho certeza de que é um sonho do coração de muitos, pois há muito tempo nós esperávamos por um encontro onde nós pudéssemos estar todos reunidos, especialmente com o nosso bispo. E agora chegou a nossa vez, chegou a vez dos músicos do Rio de Janeiro e eu estou muito feliz por poder fazer parte desse momento histórico, ressaltou Olívia.

Uma Missa de encerramento foi presidida pelo Arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, e logo após um violão elétrico Crafter (cutway) foi sorteado entre os participantes. O ganhador, que estava acompanhado de sua mãe, foi Thiago Rodrigues, da Paróquia São Miguel Arcanjo, em Colégio.

Por Raphael Freire


terça-feira, 22 de novembro de 2011

Parabéns aos músicos!

Celebramos hoje ( dia 22/11) a memória de Santa Cecília padroeira dos músicos. Santo Agostinho vai nos dizer que: "a música é a expressão do amor". Com isso, podemos dizer que os músicos são instrumentos de amor. Nossos sinceros agradecimentos a você músicos da nossa igreja que enfrenta sons ruins, corda de violão que arrebenta nos momentos mais impróprios, aqueles que são sempre os últimos a comer nas festinha porque tem que ficar arrumando instrumento após as celebrações, você cantor que fica rouco de tanto cantar por longos períodos nas procissões, muitas vezes sem receber um golinho de água. A você que com seu trabalho físico e espiritual expressão nas letras cantadas o amor de Deus.

A Compj deseja a vocês nosso muito obrigado e que as bençãos do céu recaiam cada vez mais sobre cada um de vós!
Ah! Já ia me esquecendo, um convite especial para você, enviado por nosso pastor Dom Orani. Você não pode ficar fora desta!

10º ENPJ


Vem ai, de 08 a 15 de Janeiro de 2012 o encontro Nacional da pastoral da juventude. No encontro de preparação realizado do dia 08 á 15 de novembro, estiveram em pauta temas como a Campanha nacional contra a violência e o Extermínio de jovens.

Ouça a reportagem de preparação do 10º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude (ENPJ)!


*Fonte: Rádio CBN Maringá.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

AGENDA FINAL DE SEMANA!!!

Dia: 19 de Novembro
O que: 1° Festival Chama Jovem da 5ª Forania
Horário: de 18h às 23h
Local: Paróquia N. S. da Conceição e S. José (Av. Amaro Cavalcante, 1761 – Eng. De Dentro) Ingresso: R$ 3,00.
Informações: (21) 7822-0198 – Vinicius Esteves

Dia: 19 de Novembro
O que: Festival de Sorvete – Comunidade Maranathá
Horário: às 19:30h
Local: Parque Colmbia (Rua General Etchegoyen, 199 - Pavuna) Convite: R$ 6,00. Informações: maranathacolumbia@gmail.com

Dia: 19 e 20 de Novembro
O que: Festa da Padroeira
Horário: às 17h (começando com a Santa Missa)
Local: Paróquia N. S. Mãe da Divina Providência (Estrada dos Bandeirantes, 1755- Taquara)

Dia: 22 de Novembro
O que: Músicos em Oração – 1º Encontro de Músicos Católicos do RJ
Horário: às 17:30h
Local: Ed. João Paulo II (Rua Benjamim Constant, 23 - Gloria)
Participação: Testemunho da Cantora Adriana e Missa celebrada por Dom Orani.
Sorteio de um violão elétrico.Inscrições: http://www.radiocatedral.com.br/
Entrada Franca

Dia: 26 e 27 de Novembro
O que: Festival Halleluya
Horário: às 15h
Local: Quinta da Boa Vista (Avenida Pedro II, s/n - São Cristóvão)
Participação: Missionário Shalom, Anjos de Resgate, Banda Dominus, Suely Façanha, Banda Alto Louvor, Bruno Camurati, Olívia Ferreira, Cosme, Banda Bom Pastor, Marcio Pacheco, DJ Vitor Sales e Cristoteca e espetáculo teatral O Canto das Írias.Informações: Comunidade Shalom Rio de Janeiro - (21) 3251-4831
Entrada Franca

Por Laila Vargas
COMPJ

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

"Música: Educação para vida"

Por Aline Barsan

Santo Agostinho nos diz que "o canto é a expressão do amor", mas, como devemos expressar o amor? Cantando tudo que nos vem na cabeça? Acho que não! Santo agostinho faz referência ao verdadeiro amor, o amor "Ágape", ao amor de Deus que tudo suporta. Volto a perguntar, mas "como expressar este amor"? O papa Bento XVI vem, então, preencher esta lacuna, quando reitera que "a música não se trata apenas de um exercício exterior, mas uma educação do interior, do coração, um exercício de educação para a vida e para a paz". Precisamos educar o nosso coração com músicas que expressem o amor verdadeiro. Letras que dê sentido a nossa vida e que nos permita interiorizar e expressar a paz de Deus. Eu me pergunto quantas vezes eu investir na propagação desta "expressão do amor" a qual nos remete santo agostinho e o papa Bento. Gastamos dinheiro muitas vezes com coisas supérfluas, somos incapazes de comprar um cd com canções católicos, mas nos consumimos o tempo todo por falsas expressões de amor nas ruas que caminhamos porque somos obrigados, ou as vezes, nem tão obrigados assim, em nossos momentos de descontração em boates, bares ou casas de show. Mas, alguns podem dizer isto é errado? Não, podemos enquadrar isso a um exercício exterior como nos fala o papa Bento, o problema é quando exercitamos mais o exterior do que o interior, e ao colocarmos na balança, nos depararmos que pouco nos educamos para a vida e menos ainda expressamos o verdadeiro amor. Diante de tudo isso, maior se faz o papel do músico a quem é atribuído o dom para que se possa ser expressado tal amor. Contudo, uma das pessoas que soube educar-se para a expressar o amor ágape foi Santa Cecília.
No dia 22 de novembro a igreja faz memória a mártir Santa Cecília. A jovem de família romana pagã, nobre, rica e influente desde pequena era muito religiosa, dedicou-se a estudar música, filosofia e a Palavra. Por vontade própria, Cecília desprezou os prazeres do mundo para se tornar esposa de Cristo, sobre os votos de virgindade. Entretanto, seus pais haviam escolhido um esposo para ela. Cecília, então, contou seus votos para o marido. Este junto de seu irmão ao ouvir a pregação do Papa Urbano se converteram aos cristianismo. Mas tarte, o boato de que eram cristãos levou Cecília, o marido e o cunhado a pena de morte sobre o mandado do Prefeito de Roma. Santa Cecília é tida como a padroeira da música e do canto sacro. Seu corpo até hoje permanece intacto em uma basílica dedicada a ela, construída em seu antigo palácio.


Vem ai a 51ª Feira da Providência!!!



Jovens Adoradores em vigília na Semana de Cristo Rei

Uma véspera de feriado louvando e adorando a Jesus Cristo. Essa foi a opção dos diversos jovens da Arquidiocese do Rio de Janeiro, que, na “Vigília dos Jovens Adoradores”, durante a noite do dia 14 e madrugada do dia 15 de novembro, intercederam pela Igreja, pelo Papa Bento XVI, pelos jovens do mundo inteiro e pela Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013. O evento fez parte da programação da Semana de Cristo Rei, que acontece desde o último dia 13, no Santuário Nacional de Adoração Perpétua, na Igreja de Sant´Ana, no Centro.

A Missa de abertura foi presidida pelo Diretor Geral e Professor da Faculdade Dehoniana, Padre Joãozinho, e concelebrada pelo Vigário Episcopal Urbano e Pároco da Igreja de Sant’Ana, Padre José Laudares, pelo Assessor do Setor Juventude da Arquidiocese do Rio de Janeiro e Coordenador da Vigília dos Jovens Adoradores, Padre Renato Martins, e pelo representante do Caminho Catecumenal, Frei Mário. Durante a celebração, a Irmã Kelly Patrícia animou os fiéis.

Padre Joãozinho estava feliz em poder participar da Semana de Cristo Rei, e especialmente da Vigília dos Jovens Adoradores. Atencioso para com cada momento da liturgia e bem à vontade com o povo, durante a homilia o Sacerdote cantou algumas músicas e animou a juventude para que a caminhada até a JMJ 2013 dê muitos frutos.

— Convidaram-me para vir aqui plantar uma semente, uma pequena semente, um grão de mostarda. Precisa começar como semente para se tornar uma grande árvore; e acho que acertaram, porque essa é a minha missão de semeador. E espero que a terra seja boa, porque, com certeza, a semente é muito boa e o fruto virá, afirmou Padre Joãozinho.

Para Irmã Kelly Patrícia, a Semana de Cristo Rei é um momento de finalização do tempo comum, que faz as pessoas refletirem sobre como viveram esse ano litúrgico e se estariam preparadas para um encontro com Deus.

— Sem dúvida, é uma grande inspiração que a Arquidiocese do Rio teve para realizar essa Festa de Cristo Rei com tanta intensidade e com essa consciência de ter Nosso Senhor como o Rei do universo. É importante progredir e ter Jesus Cristo como rei da nossa vida, entronizá-lo e deixar que ele reine, que ele tome conta, que ele seja o Senhor, disse a religiosa.

Em sua 1ª edição, a “Vigília dos Jovens Adoradores” será realizada toda segunda sexta-feira de cada mês até a Jornada Mundial da Juventude de 2013. A condução do evento sempre será dividida entre as pastorais, comunidades e movimentos jovens da Arquidiocese do Rio de Janeiro – acompanhados de um sacerdote – valorizando a diversidade eclesial e o carisma de cada expressão de juventude.

— Hoje, estamos aqui reunidos, na Igreja de Sant’Ana, celebrando a nossa primeira vigília pela Jornada Mundial da Juventude. Foi algo que estava no meu coração. E, diante da necessidade de preparar um evento tão grandioso como a JMJ, a gente não pode pensar somente na parte estrutural, mas também na parte espiritual. Estava no meu coração esse desejo de preparar espiritualmente nossa juventude e dar o suporte de oração, que é necessário para aqueles que estão à frente preparando a Jornada. (...) A partir de hoje, nós iniciamos esta série de vigílias para movimentar a juventude e, juntos, em oração, pedimos ao Senhor que abençoe a JMJ, explicou Padre Renato Martins.

Animados com a ideia do encontro ser realizado mensalmente, os jovens da Arquidiocese participaram durante toda a madrugada das atividades propostas pelo Neo-Catecumento, Juventude Mariana, Comunidade Shalom, Pastoral da Juventude e Missão Coração Adorador – pastorais, comunidades, movimentos e grupos – que conduziram a vigília.

— Fiquei muito feliz com a ideia da Vigília dos Jovens Adoradores começar na Semana de Cristo Rei, e acho a iniciativa da Arquidiocese do Rio muito importante para despertar nos jovens o desejo de estar mais próximos de Deus, em preparação para a JMJ Rio 2013. Muitos jovens ainda não entenderam a magnitude do que é este evento, que vai trazer muitas pessoas, em especial, a juventude para Deus, disse Erica Luz, da Paróquia Santa Teresa de Jesus.

— É sensacional receber a Vigília dos Jovens Adoradores aqui na Igreja, porque é uma porta que se abre para nós termos contato com outros grupos jovens e trocar algumas experiências. Nós estamos nos preparando cada vez mais para a Jornada Mundial da Juventude e esperamos que os jovens participem todos os meses da vigília. Nossa intenção é recebê-los cada vez melhor e sempre de braços abertos, afirmaram os animadores da juventude da Igreja de Sant’Ana, Rodolfo Gaeschlin e Lauriane Campos.

O Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta — que estava em Florianópolis para a posse do ex-bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio, Dom Wilson Tadeu Jönck, na cidade — acompanhou a vigília durante toda a madrugada pela WebTV Redentor e, ao final, enviou uma mensagem para os jovens.

— Acompanho a vigília pela WebTV Redentor. A casa está cheia. E que Deus vos abençoe. Peço um compromisso dos jovens: que a vigília continue sendo realizada depois da Jornada Mundial da Juventude, disse Dom Orani.





Texto: Raphael Freire (PH)
Fotos: Victor Gonzalez

*Fonte: Portal Arquidiocese do Rio

CNBB lança concurso para cartaz e letra do hino da CF de Juventude


A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lança nesta quinta-feira, 03 de novembro, o Concurso Nacional para o Cartaz e Letra do Hino da Campanha da Fraternidade 2013, com o tema “Fraternidade e Juventude” e o lema "Eis-me aqui. Envia-me" (Is 6,8).

Na primeira etapa do concurso, que acontece até dia 03 de fevereiro, serão escolhidos o Cartaz e o Hino, em seguida será realizada a escolha da melodia da música. Lembrando que todas as informações oficiais sobre o concurso e a CF 2013 serão publicadas no site da CNBB e Jovens Conectados.

Para a CF 2013, a CNBB espera uma ampla participação dos jovens no concurso. Portanto, você jovem tem uma ideia para o cartaz e para o hino da Campanha da Fraternidade sobre Juventude? Está na hora de colocar seu talento em prática e mostrar o rosto e a voz da juventude brasileira. Seja criativo, participe!

A CF teve origem em 1962, com objetivo de despertar os fieis para a solidariedade em relação a um tema que envolve a sociedade brasileira buscando caminhos e soluções. A cada ano é escolhido um tema, que define a realidade concreta a ser transformada, e um lema, que explicita em que direção se busca a transformação.

Para 2013, a CNBB atende o clamor dos jovens e a realidade da Jornada Mundial da Juventude, a ser realizada no Rio de Janeiro, e apresenta como tema a Juventude. Será um ano especial para a Igreja e para os jovens, assim, a CF estará no processo de preparação dos jovens para a JMJ.

A CNBB espera uma ampla participação dos jovens no concurso e também na concretização da CF em todos os anos, mas desta vez especialmente para 2013, dizendo “Eis-me aqui. Envia-me".

por PJ Leste 1 e Jovens Conectados

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

AGENDA FINAL DE SEMANA

Dia: 12 de Novembro
O que: Festa da Primavera
Horário: às 19h
Local: Paróquia Santo Antonio de Água Santa (Rua Paraná, 1049 – Água Santa)
Participação: Banda Vida, Alegria Cristã e Dança Litúrgica.
Ingresso: R$ 3,00 + 1 kg de alimento não perecível (opcional). __________________________________________

Dia: 13 de Novembro
O que: Formação espiritual para os DJs Católicos
Horário: de 8h às 17h
Local: Sede da Arquidiocese do Rio de Janeiro (Rua Benjamin Constant, 23 2° andar – Glória).
Objetivo: Preparar os DJs católicos para a Jornada Mundial da Juventude Rio 2013.
Participação: Diretor de Comunicação da Comissão JMJ Rio 2013 e coordenador da Pastoral da Comunicação da Arquidiocese do Rio, Pe. Marcio Queiroz; Pe. Da Diocese de Santo Amaro em São Paulo, DJ Zeton e dos DJs Vitor Sales, Ronald Carvalho, André Jordão e Gogam Albuquerque.
Informações: (21) 8255-3763
Entrada Franca
_____________________________________________________________________

Dia: 14 de Novembro
O que: Vigília dos Jovens Adoradores
Horário: às 22h
Local: Igreja de Sant’Ana (Praça Cardeal Leme, 11 – Centro)
Evento Oficial de Intercessão pela Jornada Mundial da Juventude JMJ 2013.
Entrada Franca
_____________________________________________________________________


Dia: 19 de Novembro
O que: Festival de Sorvete – Comunidade Maranathá
Horário: às 19:30h
Local: Parque Colmbia (Rua General Etchegoyen, 199 - Pavuna)
Convite: R$ 6,00.
Informações: maranathacolumbia@gmail.com
_____________________________________________________________________


Dia: 26 e 27 de Novembro
O que: Festival Halleluya
Horário: às 15h
Local: Quinta da Boa Vista (Avenida Pedro II, s/n - São Cristóvão)
Participação: Missionário Shalom, Anjos de Resgate, Banda Dominus, Suely Façanha, Banda Alto Louvor, Bruno Camurati, Olívia Ferreira, Cosme, Banda Bom Pastor, Marcio Pacheco, DJ Vitor Sales e Cristoteca e espetáculo teatral O Canto das Írias.
Informações: Comunidade Shalom Rio de Janeiro - (21) 3251-4831
Entrada Franca

Por Laila Vargas

COMPJ

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Um pouco mais do IX JOLEO

A Compj, equipe de comunicação da pastoral da juventude do Rio esteve no IX JOLEO (Jovens orantes da Leopoldina) para acompanhar na íntegra tudo o que rolou no maior evento do Vicariato Leopoldina. Assista aos videos e fique ligado no que pintou por lá!

Momento de animação conduzido pela Banda Bom Pastor.


Momento de adoração ao santíssimo sacramento conduzido pelo diácono Melquesedec, da Paróquia Bom Jesus, da Penha.




domingo, 6 de novembro de 2011

Juventude incendeia a Leopoldina no IX JOLEO

A manhã de domingo foi de muita alegria e animação para os jovens recebidos pela equipe de acolhimento (foto 1) do JOLEO (Jovens orantes da Leopoldina), evento organizado pela coordenação do vicariato Leopoldina da PJ reuniu cerca de 500 jovens no Instituto Nossa Senhora das Dores, em Brás de Pina. Na sua nona edição o JOLEO despertou a atenção de outros jovens um pouco mais maduros, como é o caso das amigas, Soledade e Helena Sueli(foto 2), servas de grupo de oração, na
Paróquia Jesus Ressuscitado, ambas afirma: " Não temos vergonha de estar aqui, viemos nos incendiar da alegria destes jovens".
A abertura do evento foi dada pelos coordenadores vicariais Aline e Absalan (foto2) que expressou ao público a importância deste JOLEO para ele, já que no ano passado por motivos de saúde foi impossibilitado de estar presente. A condução musical ficou sobre responsabilidade da Banda Bom pastor. Ainda pela manhã houve a pregação pela palavra, conduzida pelo servo Luis Alberto, da 2ª forania, Paróquia Nossa Senhora da Inhaúma, tomando como inspiração a passagem de Mateus 10, 16 que diz: "Eu vos envio como ovelhas no meio de lobos", chamando a atenção dos
jovens para os perigos do mundo. Logo em seguida houve adoração ao santíssimo sacramente conduzida pelo Diácono Melquesedec, da Paróquia Bom Jesus, da Penha.
Durante todo o evento estiveram padres atendendo a confições e as novas
comunidades promoveram momentos de descontrações com os jovens em standes na área externa ao evento.
Para Érica dos Santos, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, da Ilha do governador o JOLEO foi algo inédito, participante da PJ há apenas 4 meses, a jovem veio por incentivo de seu coordenador de PJ, mas afirmou ter sido uma experiência muito boa.
O período da tarde foi marcado pelo testemunho do missionário Marcelo de Souze, sobre a responsabilidade dos meninos da Banda Frutos de Medjugorje(foto4) a festa durou até as 17h com a santa missa precedida pelo Bispo animador do vicariato leopoldina, Dom Pedro Cunha.
Valeu juventude PAJULEO!


Equipe de acolhida Coordenadores Absalan e Aline

Jovens a mais tempo Frutos de Medjogorje

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Vem aí o JOLEO!


"Sede prudentes e simples"(Mt10 ,16) este é o tema do IX Jovens Orantes da Leopoldina (JOLEO), que irá acontecer no próximo domingo( 06/11/2011), no Instituto Nossa Senhora das Dores, em Brás de Pina. Sobre a supervisão de Dom Pedro Cunha, bispo animador do vicariato leopoldina, a equipe organizadora acredita que este Joleo vai reunir muitos jovens da leopoldina, especialmente pela proximidade, os que não puderam estar no DNJ virão certamente ao JOLEO.
Música, pregação, adoração e santa missa farão parte da programação, buscando o mesmo formato do DNJ, o JOLEO terá início as 9 horas da manhã com previsão de termino para as 17horas. O diferencial do evento será o testemunho de jovens que estiveram na Jornada Mundial da Juventude(JMJ). Além da presença confirmada de Monsenhor Luis Antônio, vigário episcopal do vicariato leopoldina, nomes como missionário Marcelo Souza, Luiz Alberto, Padre Sílvio e Diácono Melquisedec, haverá também como atração, shows com a banda Bom Pastor e Frutos de Medjugorje.
Gostou? Então não deixe de comparecer, a PAJULEO esperá por você!

terça-feira, 1 de novembro de 2011

DNJ 2011: Jovens Testemunhas do Amor de Deus


Com o tema “Tecendo Relações de Vida”, inspirado no Evangelho de João 4, 1-42 – que fala sobre Jesus e a Samaritana – o Dia Nacional da Juventude (DNJ 2011), em sua 26ª edição no Rio de Janeiro, trouxe para os jovens cariocas diversas novidades e uma motivação a mais para louvar, agradecer e testemunhar o amor de Deus.

Mais do que um momento para celebrar o Dia Nacional da Juventude, o DNJ 2011 se caracterizou como um evento litúrgico e social que reuniu jovens comprometidos a serem testemunhas do amor de Deus. Durante todo o dia os jovens puderam adorar a Jesus Sacramentado, que ficou exposto em uma capela que foi montada especialmente para o evento. Além disso, diversos sacerdotes da Arquidiocese do Rio se revezavam para confessar os jovens que buscavam o sacramento da reconciliação.

Com o intuito de formar e informar a juventude de forma prática na realização de diversas atividades pastorais ou cotidianas, tendo sempre como referência a pessoa e a mensagem de Jesus Cristo, também foram realizadas durante toda a tarde oficinas sobre afetividade e sexualidade (Setor Pré-Matrimonial da Arquidiocese do Rio de Janeiro); mercado de trabalho (Movimento dos Focolares); músicos (Comunidade Aliança de Misericórdia); ditadura da moda e beleza (Comunidade Shlamom); e direitos humanos: violência contra a mulher (Pastoral da Juventude).

Outro fator que contribuiu para a divulgação e participação dos jovens no DNJ 2011 foi a estrutura de comunicação organizada para o evento. Com a cobertura jornalística em tempo real de tudo o que estava acontecendo, a hasteg criada especialmente para o Dia Nacional da Juventude - #dnj2011 - ficou em primeiro lugar no Trending Topics do Twitter.

A cantora Olivia Ferreira, o comediante Fábio Borges, o Ministério de Música Aliança de Misericórdia e as equipes da ElectroCristo e CristotecaRJ fizeram parte das atrações que também animaram a juventude no DNJ 2011. A co-fundadora da Comunidade Shalom, Emmir Nogueira, era uma das atrações mais esperadas pelos jovens no evento. Ela inovou ao transmitir a mensagem do Evangelho para a juventude de forma objetiva, se utilizando de diversos ritmos musicais e criando uma interação com os jovens.

Leia na íntegra a entrevista exclusiva que Emmir Nogueira deu ao Portal da Arquidiocese do Rio de Janeiro:

Entrevista com Emmir Nogueira – Co-fundadora da Comunidade Shalom

Portal:
Em sua 26ª edição, o Dia Nacional da Juventude (DNJ) Rio tem como tema: “Tecendo relações de vida”, tendo como inspiração a passagem bíblica de João 4, 1-42, que fala sobre Jesus e a Samaritana. Qual é a importância de se trabalhar no meio da juventude esse tema?

Emmir: No mundo individualista em que a gente vive, com essa geração de jovens sendo puxada para todos os lados, há sempre o risco de que eles percam uma relação de vida profunda e verdadeira. E a passagem da Samaritana é fantástica, porque vai trazer um tema em que Jesus, muito preocupado com uma mulher que estava trabalhando, portanto, muito atarefada, consegue estabelecer uma verdadeira relação que muda a vida dessa mulher e de todo um povo.

Portal: O grande questionamento que o Setor Juventude faz aos jovens através do DNJ 2011 é: “Jovem, você tem sede do quê?”. Há tantos anos trabalhando diretamente com a juventude, qual é a sede dos jovens, na sua opinião?

Emmir: Em 1976 eu tive uma das reuniões mais importantes e marcantes da minha vida com os pais de alguns jovens que estavam muito inquietos porque a juventude estava começando a se engajar, segundo eles, demais na Igreja. E hoje, 35 anos depois, eu continuo dando a mesma resposta aos pais: o jovem tem sede de Deus e de um Deus vivido, de um Deus vivo. Deus que significa verdade, justiça, liberdade, amor, honestidade, abertura ao outro.

Portal: Como é poder participar de um evento nacional, que reúne todas as pastorais e movimentos ligados à juventude da Arquidiocese do Rio de Janeiro e, em especial, neste ano, que antecipa e prepara a juventude também para a próxima Jornada Mundial (JMJ)?

Emmir: De minha parte é uma honra e surpresa, pois não esperava. Uma velhinha de 60 anos... Não esperava realmente. É um mimo de Deus. Estar com os jovens revigora a vida da gente e dá um novo sentido. A expectativa, sinceramente, é que tenhamos, aqui na Jornada do Rio, mais que os 5 milhões de jovens que participaram em Manila nas Filipinas. Então é motivar as pessoas pelo twitter, facebook, até mesmo pelo “falecido” orkut, blogs, nas escolas, de todas as maneiras. Nós, da Shalom lá no Ceará, estamos liderando todo o movimento e nossa meta é trazer 30 mil pessoas, e servir o Rio de Janeiro no que precisar.

Portal: Com a Campanha da Fraternidade de 2013, que terá como tema "Fraternidade e Juventude", e com a próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que será realizada no Rio de Janeiro, a Igreja a cada dia tem colocado os jovens como responsáveis por um mundo mais coerente, justo e fraterno, sempre sob a luz da pessoa e do Evangelho de Jesus Cristo. Qual a mensagem que a senhora deixa para os jovens brasileiros, nesse momento tão importante para a juventude.

Emmir: Primeiro: creia, segundo: faça crer e leve a mensagem, e terceiro (que deveria ser o primeiro): veja. Nós sabemos que o Senhor é o sentido da sua vida, é a felicidade que todo mundo procura, e que os jovens têm nas mãos todas as revoluções sociais dos últimos 50 anos; logo, os jovens têm nas mãos o poder de anunciar Jesus Cristo como pessoa viva e ressuscitada. Jovens, façam isso antes que seja tarde!


Raphael Freire para o Portal da Arquidiocese do Rio de Janeiro


*Fotos: COMPJ

DNJ reúne mais de 6 mil jovens na Cidade do Samba



Inspirados pelo tema “Tecendo relações de vida”, mais de 6 mil jovens, no último domingo, 30 de outubro, celebraram o Dia Nacional da Juventude (DNJ) 2011, na Cidade do Samba, Zona Portuária do Rio. O Arcebispo Dom Orani João Tempesta presidiu a Missa de abertura do evento, que foi concelebrada pelo Bispo Auxiliar da Arquidiocese e Animador do Setor Juventude, Dom Antonio Augusto Dias Duarte, e pelos demais sacerdotes ligados aos diversos movimentos, grupos e pastorais de expressão jovem. O encontro reuniu também jovens de Dioceses vizinhas.

Ao acolher a juventude para a Celebração Eucarística, Dom Orani lembrou que em 2010, na última edição do DNJ, os jovens estavam reunidos com a esperança de sediar a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em 2013. Mas que, agora, o que era apenas uma esperança no ano anterior já havia se tornado realidade, fazendo do Dia Nacional da Juventude 2011 um dos primeiros eventos oficiais em preparação para a próxima JMJ.

O Arcebispo falou ainda da necessidade de se ter coerência entre o que se vive, o que se fala e o que se ensina.

— A missão do Rio de Janeiro é dizer para o mundo que o jovem pode viver a sua fé com coerência e que aquele que vive a Palavra de Deus consegue ir transformando o mundo em que vive. Uma das preocupações para a JMJ, além da estrutura, é fazer com que a juventude coloque em prática tudo aquilo que ela é chamada a viver segundo o Evangelho do Senhor, afirmou Dom Orani durante a homilia.

O responsável pelo Setor Juventude na Arquidiocese, Padre Renato Martins, agradeceu a todas as pastorais, movimentos e comunidades que compõem o Setor e que vêm realizando um trabalho de unidade e comunhão entre os jovens no Rio de Janeiro. O Sacerdote pediu ainda que a juventude não se reúna só durante o trabalho, mas que também possa estar junta e unida em oração, intercedendo pela JMJ 2013.

Com seu carisma, o Bispo Auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro e Animador do Setor Juventude, Dom Antonio Augusto Dias Duarte, foi acolhido carinhosamente pelos jovens e os emocionou ao depositar toda a sua confiança na juventude carioca.

— Nós não temos muitas coisas para realizar a Jornada Mundial da Juventude em 2013, mas nós temos vocês. Olhando para cada um de vocês, todos os nossos problemas e preocupações são menos do que uma gota d’água, disse Dom Antonio.

Respondendo ao questionamento que o Setor Juventude fez nesta edição do evento, “Jovem, você tem sede do quê?”, representantes dos diversos movimentos que compõem o Setor Juventude – Pastoral da Juventude, Caminho Neocatecumenal, Comunidade Aliança de Misericórdia, Movimento dos Focolares, Comunidade Shalom, Ministério Universidades Renovadas, Juventude Mariana, Movimento Comunhão e Libertação, Movimento de Vida Cristã e Comunidade Pequeno Rebanho – estiveram presentes no DNJ 2011 testemunhando e confirmando para todo o mundo que os jovens têm sede é de Deus.

Concurso do Hino da JMJ RIO2013 é lançado no DNJ

O Concurso do Hino da JMJ Rio 2013 também foi lançado durante a Missa da 26ª edição do DNJ. O Arcebispo do Rio e Presidente do Instituto JMJ Rio 2013, Dom Orani João Tempesta, fez o anúncio oficial do lançamento do concurso, juntamente com o Bispo Auxiliar do Rio e Animador da Juventude, Dom Antonio Augusto Dias Duarte e dos demais sacerdotes.

Segundo o Setor de Preparação Pastoral – que é responsável pelo concurso – o Hino deverá ter como base o lema da JMJ Rio 2013, escolhido pelo Papa Bento XVI: “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (MT, 28,19).

Informações e detalhes como datas e o regulamento estarão disponíveis no site da Jornada (www.rio2013.com ) a partir do dia 1º de novembro.

Raphael Freire (COMPJ) para o Portal da Arquidiocese


*Fotos: Gustavo Oliveira

Siga-nos!!!