quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A mulher Adúltera (Jo 8, 1-11)



"Quem de vós estiver sem pecado, seja o primeiro a lhe atirar a pedra"
Jesus dirigia-se para o monte das Oliveiras como de costume.
Pela manhã voltou ao templo e todo o povo voltou-se a Ele. Jesus sentou e começou a ensiná-los. Os escribas e fariseus trouxe até Jesus uma mulher que foi pega em adultério. Segundo a lei da época, era costume apedrejar as mulheres adulteras. No entanto, Jesus ouvindo as acusações incli
nando-se para fr
ente começou a escrever com os dedos na terra do chão. Como os homens revestidos e ira, insistiam em resmungar contra a mulher, pois os fariseus e os escrivas esperavam uma
resposta negativa de Jesus diante daquela situação. Jesus estão lhes diz: "Quem de vós estiver sem pecado, seja o primeiro a lhe atirar a pedra." No mesmo instante, os homens foram se afastando, e a mulher viu-se sozinha diante de jesus. A mulher ainda receosa, estendeu seu olhar atento as palavras que Ele as dirigia: "Mulher, onde estão os que te acusavam? Ninguém te condenou?"

Respondeu lhe ela: "Ninguém, Senhor." Então, o Senhor disse a ela a mais lindas das palavras: "Nem eu te condeno. Vai e não tornes a pecar."

Este texto nos faz reconhecer o quanto somos vulneráveis diante das acusações do mundo, o tempo todos somos agredidos por palavras, ações, pelas nossas fragilidades,e assim, como a mulher Adúltera, nos encontramos caídos literalmente no chão, indefesos e a espera da condenação. É justamente nestes momentos que somos surpreendidos pela misericórdia do Senhor. Um Deus que não nos condena, mas primeiramente nos ama e acolhe-nos de todo cor
ação. Jesus é a certeza de que não estamos desamparados. É justamente nos momentos em que nos sentimos mais humilhados que o Pai se revela. Que tenhamos um olhar mais ampla e uma fé mais sólida porque há um Deus que se coloca diante de nós e ao se revelar muda a nossa história.
Você quer mudar a sua história? Deixe que o Senhor se revele na sua vida!





Gabriela Soares (voluntária DNJ-Compj)

Um comentário:

  1. Ual amei o texto! Nosso Deus é lindo e nunca nos condena... devemos nos apressar para o Seu colo, para sermos perdoados, e restaurados. Deus abençoe vocês cada vez mais e mais...
    Faço parte do blog Cristo no Outdoor.

    Abraços queridos.

    ResponderExcluir

Siga-nos!!!