quinta-feira, 4 de outubro de 2012

5º Retiro da PJ de Jacarepaguá


V Bacaxá - Retiro da Pastoral da Juventude – Vicariato Jacarepaguá

07-09 de Setembro de 2012

Tema: "Sois o rosto jovem da igreja" Bento XVI

Lema: No protagonismo juvenil, buscando ser parecido com Jesus

Iluminação Bíblica: Lc 24,15b " O Próprio Jesus se aproximou, e começou a caminhar com eles"




No dia 7 de setembro, jovens do Vicariato de Jacarepaguá se reúnem em frente a Paróquia São Francisco de Paula para embarcarem juntos na 5ª edição do Retiro da Pastoral da Juventude do Vicariato em Bacaxá (RJ) ou, simplesmente ao V Bacaxá de Jacarepaguá.
Era visível no comportamento de muitos o choque em encontrar realidades tão distintas num mesmo Vicariato; como observa Jéssica D’Avila, umas das assessoras do evento: 

O convívio com outros jovens [...], que possuem realidades tão diferentes é algo que os intimida num primeiro momento. Fora a série de questionamentos que trazem junto consigo, é algo que os aflige e os deixa confusos de como e por onde começar agir”. - Jessica D’Avila
Ao mesmo tempo estimulante, com foi para pjoteira Jéssica Araújo, “ver jovens com os mesmos ideais e buscando a mesma coisa que eu”. Imagino eu ser uma palinha da verdadeira sensação que a juventude carioca sentirá na Jornada Mundial de Juventude de 2013, cuja expectativa é o Rio reunir mais de 2,5 milhões de peregrinos.
“Sois o rosto jovem da Igreja”, diz o nosso Santo Papa Bento XVI aos jovens do mundo. Diante de tais palavras, a PJ de Jacarepaguá (PJ constrói seu quinto retiro em que pudesse desenvolver com os jovens do vicariato um processo de formação integral na fé, ajudando-os a serem “IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS”.

Para tanto, os jovens foram convidados a retomar os caminhos por onde Jesus passou sob luz de três dimensões: Eu comigo; Eu com o outro e Eu com Deus. Cada uma foi apresentada e trabalhada através de palestras, dinâmicas, orações e partilhas, forçando-os a refletirem sobre seu papel como cidadão cristão. Reflexão esta que foi notória na primeira palestra em que voltaram sua atenção a si mesmos, sendo desafiados a por um pouco de si em um punhado de argila:
“A dinâmica da argila. Do moldar, do se construir. Pude refletir bastante sobre.” - Rafael Machado, veterano de outros bacaxás

                    
Os jovens percebem que cada um é o rosto jovem de Cristo e ao mesmo tempo sua história, sua família e amigos, sua vida, sua vida, tudo é uma pequena e quão importante peça de milhares que constitui o mosaico da Igreja Jovem. “Creio que Cristo agiu inteiramente neles, mostrando que a diferença de realidades não é um obstáculo e sim um degrau para o crescimento de cada um!Jéssica D’Avila.  

Jovens voltam para suas casas, sua comunidade certos de seu papel como Igreja Jovem, ansiosos e prontos aplicarem o que aprenderam no V Bacaxá em sua realidade. Como ilustra Jessica Araújo em suas palavras:

“...no próprio grupo nos tomamos uma atitude de assumir realmente e cobrar a cara da juventude católica, e mostrar que eu faço parte de uma sociedade em que não e preciso deixar de ser feliz só porque você tem um ideal diferentes...”

Não apenas o conhecimento ou reconhecimento do seu compromisso, como também a belíssima amizade é outro e valioso presente que o V Bacaxá deixa a esses jovens. Antes completos desconhecidos e em três dias pareciam “amigos de infância”, como apontou brilhantemente Jéssica Araújo ao falar sobre o retiro. E afirma que “foi um dos melhores retiros “ que já fez. Palavras estas que resumem e representam bem o sentimento que todos compartilham sobre esses três dias juntos.

Mal completando um mês de encontro, o grupo já planeja e guarda ansiosos um “Pós-Bacaxá”, um reencontro para reviver o que sentiram lá atrás. Uma prova mais que clara do forte elo envolvendo esses meninos e meninas. Mesmo inseridos em sua realidade, a amizade ainda persiste pelas vias de comunicação, especialmente no Facebook.

O que mais pode ser dito nesse pequeno espaço de página?

“PJ aqui, PJ lá,

PJ em Bacaxá!!!”

2 comentários:

  1. Que coisa linda! Eu estive com todos no encontro e posso testemunhar as maravilhas que Deus nos fez nesses 3 dias. Estaremos nos reunindo pra comemorar e compartilhar os primeiros frutos 2 meses após o retiro. Sou muito feliz de poder dizer que sou de Jesus, sou Católica, sou jovem do Papa. Deus nos ama lindamente. :)

    Renatinha

    ResponderExcluir
  2. Muito bom estar com uma juventude sedenta por Deus. Somos sim o rosto jovem de Deus. A Igreja é Jovem, precisamos mostrar a energia, alegria e Fé da Juventude!!!!

    "Ela vem de dentro, de dentro ela vem. Toda a energia que a PJ tem!!!"

    ResponderExcluir

Siga-nos!!!