domingo, 31 de março de 2013

Cristo ressuscitou verdadeiramente! Aleluia!


A vitória de Cristo sobre a morte foi o selo real e autêntico de sua divindade, em cada gesto e palavra que Ele nos deixou. Vitória que não se limitou a um evento, mas que fundamenta tudo o que cremos e ilumina nossos passos.

Celebrar a Páscoa neste Ano da Fé significa acolher de maneira mais profunda e consciente o grande dom de Deus para nós, de sermos seus filhos, renascidos para a vida pela morte do próprio Filho na cruz. Tal gesto de infinito amor nos interpela a uma resposta livre e coerente, como compromisso pessoal com Aquele que deu-se a si mesmo por nós.

A alegria não se esgota no ciclo litúrgico, mas deve penetrar todas as dimensões de nossa vida, de nossos relacionamentos e tarefas, transformando as realidades mais difíceis e dolorosas e conferindo um significado sublime a cada sofrimento unido à cruz do Senhor. Diante das ocorrências que nos atinge, em nível pessoal ou comunitário, sempre surgem sinais da Páscoa nas manifestações de generosidade e esperança que encontramos. Vida que vence a morte, doação que supera o egoísmo.

Somos mensageiros do anúncio da Ressurreição ao mundo, como vozes que se levantam em meio à cultura do materialismo e da indiferença. Com este entusiasmo pascal é que estamos preparando a Jornada Mundial da Juventude, testemunho da vida em Cristo que queremos levar aos irmãos.

Meus caríssimos amigos diocesanos, desejo a todos uma feliz e santa Páscoa cotidiana, que transborde da celebração litúrgica para o dia a dia, com o poder renovador da Ressurreição de Cristo em suas vidas e o fruto do acolhimento aos irmãos. Sejamos sinais da Páscoa em cada ambiente que frequentamos e também para tantos que virão de longe estar conosco na próxima Jornada, unidos na oração e no trabalho pelo mesmo ideal de construir uma sociedade renovada, uma sociedade pascal.



Dom Orani João Tempesta
Arcebispo Metropolitano do Rio de Janeiro




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos!!!